×

Semana da Moda Digital de Milão encerra com explosão criativa

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
21 de jul de 2020
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

O último dia da Milano Digital Fashion Week apresentou a criatividade italiana em todas as suas formas, começando com a maratona visual de fazer cair o queixo da Gucci e pelo excelente desempenho de Ermenegildo Zegna com a sua passerelle de três quilômetros. Missoni encerrou esta semana especial com um filme que celebrou a história da marca. Uma história emblemática do Made in Italy, construída em torno de uma família e de um estilo reconhecível por todos, com seus os ziguezagues e mosaicos coloridos.

 

Look pós-confinamento criado pela marca italiana Eleventy - Eleventy


Outra boa marca italiana é a Eleventy, que apresenta regularmente as coleções elegantes e descontraídas em Milão, com tecidos de malha ultra leve e tecidos finos. No vídeo, o diretor criativo Marco Baldassari apresentou a coleção de verão 2021, destinada ao pós-confinamento e à vida em casa, um estilo confortável e elegante, ideal para o teletrabalho obrigatório.

O guarda-roupa está disponível em quatro mundos diferentes. O clássico italiano com elegância natural inspirado em Marcello Mastroianni no filme Dolce Vita, com fatos brancos casuais, jaquetas reinterpretadas com novos materiais como malha Jersey, com calças de cordões e malhas listrados. Um universo urbano com fatos funcionais de algodão com vários bolsos para andar de bicicleta. O estilo home office, formal e desportivo, com ténis e sweater. E, por fim, a parte de denim com jeans essenciais disponíveis em diferentes lavagens.

Também encontramos o Made in Italy em Federico Cina, celebrando os valores da sua terra natal Emília-Romana, ou em Gall, mas num registro oposto com um filme de atmosfera perturbadora e misteriosa, onde aventureiros estranhos com rostos mascarados e capuzes avançam através de uma paisagem montanhosa no deserto sob uma luz fria. O vídeo reflete fielmente a estética futurista de guerreiro da marca, fundada em Roma em 2014, pela designer americana Justin Gall e por Chiara Nardelli, que são parceiras no trabalho e na vida.


Silhueta de um aventureiro futurista da jovem marca italiana Gall - Gall

 
O vestuário com um estilo ativo e urbano é composto por calças-cargo e capas de chuva tipo parkas com bolsos e fechos de correr, cortadas em tecidos técnicos de alto desempenho com propriedades inovadoras como um nylon que pode mudar com os movimentos do corpo, ou um tecido cinza cujas impressões podem ficar manchadas, mas também retornar ao seu estado original.

O estilista italiano Andrea Pompilio apresentou um filme com tema obscuro, com um homem e uma mulher vestidos com as mesmas calças azul-marinho, camisa branca e jaqueta preta. Os protagonistas enfrentam diferentes cenas simbólicas, recuperando as sensações que tivemos nos últimos meses.

Também estiveram na programação duas marcas japonesas: JieDa, que estreou no calendário de Milão em janeiro, e Children of the Discordance. A primeira, fundada em 2007 por Hiroyuki Fujita, com uma década de experiência na indústria têxtil e distribuição através da multimarca Kikunobu, apresentou um filme noir que poderia ser ambientado na década de 80 do século XX.
 

Filme noir da marca japonesa. - JieDa


Seguimos um grupo de bad boys numa Tóquio nocturna, corpos flutuando em roupas enormes. As gravatas são desproporcionais, marcadas com as iniciais góticas da marca; assim como as camisas de gola larga, e as calças com pregas longas ou curtas. Um colar de pérolas destaca-se numa gola preta, bem como posters de pin-up girls dos anos 50 impressos numa camisa ou no forro de jaqueta.

Depois de estrear na loja Ships e lançar o espaço multimarca Acycle no distrito de Harajuku em Tóquio, em 2005, Hideaki Shikama criou com amigos a Children of the Discordance, em 2011, que administra sozinho desde 2013. O vídeo restaura o seu universo inspirado na cultura street, seguindo os skaters num passeio nocturno, vestindo um guarda-roupa típico de streetwear, com volumes soltos.

O ênfase está nos tecidos e estampas elaborados pelo próprio designer, que dão o seu cunho e particularidade a esta coleção rica em detalhes, tal como uma malha com losângos, camisas de retalhos com motivos étnicos de ar tribal, ou um peixe grande bordado nas costas de uma jaqueta.
 

Copyright © 2020 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.