×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
22 de dez de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Semana da Moda masculina de Milão terá 37 marcas e cinco desfiles físicos

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
22 de dez de 2020

Nada parece ter mudado muito desde o início da pandemia de COVID-19. Embora as Semanas de Moda retornem a partir de janeiro, estas acontecerão principalmente de forma virtual, como nas edições de verão. A semana milanesa dedicada à moda masculina, agendada de 15 a 19 de janeiro, volta a ser realizada em formato híbrido, mesclando o digital e o físico, com o mesmo número de participantes da última edição, ou seja, 37 marcas, conforme anunciado na quinta-feira (17 de dezembro) pelo presidente da Camera Nazionale della Moda Italiana (CNMI), Carlo Capasa, durante uma videoconferência.


O calendário de janeiro foi revelado pelo presidente da CNMI, Carlo Capasa - DR


Cinco marcas farão desfiles físicos e sete novos nomes vão estrear no calendário oficial de Milão, apresentando a sua coleção masculina (e algumas também a feminina) para o outono-inverno 2021/2022, com cerca de 10 apresentações por dia.

Os desfiles físicos, como nas últimas semanas de moda milanesas, serão da responsabilidade das marcas Dolce & Gabbana, Fendi e Etro, com o acréscimo da K-Way e da marca coreana Solid Homme, da designer Woo Young Mi, ambas a pisarem a passerelle pela primeira vez em Milão.

Entre os outros recém-chegados ao programa milanês, vale a pena destacar também a estilista de origem moldava residente em Itália, Dina Leu, vencedora do concurso Who's On Next deste ano na categoria masculina; a marca emergente Vaderetro, criada em 2019 pelo casal Hanna Boyer e Antonio d'Andrea; Dalpaos, do talento emergente Nicola d'Alpaos; o empresário e designer de moda indiano radicado em Nova Delhi, Dhruv Kapoor, e Tokyo James, a marca da britânica-nigeriana Ineyie Tokyo James.

É claro que também estarão presentes outros especialistas do Made in Italy, como Ermenegildo Zegna, que abre o evento na sexta-feira (15 de janeiro), seguido pela marca Les Hommes. Prada, Tod's e MSGM que se apresentarão no domingo (17 de janeiro). Algumas marcas estão ainda a avaliar se vão participar na Semana da Moda em janeiro ou em fevereiro, apresentando as suas coleções masculina e feminina em conjunto.

Tal como em julho, a CNMI ativará uma plataforma que oferecerá múltiplos conteúdos. Além do calendário oficial com as apresentações em vídeo das marcas, será possível aceder a diversas páginas com conferências e entrevistas. Cada marca terá também o seu próprio showroom digital.

Uma grande novidade para esta Semana da Moda é a participação do Milano Fashion Film Festival, lançado há sete anos por Constanza Cavalli Etro, que selecionou 220 filmes de 58 países para esta nova edição.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.