×
563
Fashion Jobs
ADIDAS
Manager HR Learning & Development Gbs Porto (m/f)
Efetivo · Porto
FOREO
Marketing Manager
Efetivo · Lisbon
FARFETCH
Menswear Styling Editor
Efetivo · GUIMARÃES
ADIDAS
HR Specialist Gbs - Offboarding (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist HR Specialist Gbs Operations - General Admin (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Associate HR Specialist (M/F/D) - Gbs Operations - Benefits
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Apo/Ibp (Snp) Consultant (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist (M/F/D) - Gbs Operations - German Speaker - Bik
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Demand Planner_sport Zone(m/f)
Efetivo · Maia
JD SPORT
Footwear Buyer
Efetivo · Alicante
CH CAROLINA HERRERA
Area Manager
Efetivo · LISBOA
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Sac/Bw-Ip/Fico (m/f) 1
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Buyer - French Speaker
Efetivo · Porto
ADIDAS
Technology Consultant - Retail sd/mm (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Gbs HR Services - Compensation (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Reporting & Analytics (M/F/D) - Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
SALSA
Quality Manager - Oportunidade de Trabalhar o Produto Para Atingir Uma Qualidade de Excelência
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
JD SPORT
Demand Planner_Sport Zone(m/f)
Efetivo · Maia
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo · Braga
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
Por
Jornal T
Publicado em
6 de set. de 2021
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Setor têxtil e vestuário é dos que mais internacionaliza

Por
Jornal T
Publicado em
6 de set. de 2021

A área dos têxteis e vestuário é uma das mais internacionalizadas da economia portuguesa, sendo das que mais pedidos de registo de marca submeteu durante a pandemia. O barómetro Marcas Made in Portugal conclui que, no geral, as empresas continuam muito focadas no mercado nacional.



“As áreas de vestuário e calçado, de programas informáticos, aparelhos e instrumentos de investigação são aquelas com produtos mais internacionalizados”, revela este fim de semana o semanário Expresso, concluindo que, no geral, “o volume de pedidos de marca internacionais nos últimos vinte anos não acompanha o de marcas nacionais”.

Os dados do barómetro, que analisa os pedidos de marca nos últimos 20 anos realizados por empresas com origem em Portugal, indicam que em cada 100 pedidos apenas 20 são dirigidos ao mercado internacional, bem abaixo da média europeia, que é de 46%.

Quanto ao vestuário, foi igualmente uma área em destaque no ano passado, quando em plena pandemia se registaram no nosso país 21.471 pedidos de marca nacionais, praticamente o mesmo do ano anterior (21.627). “A criação de muitos micronegócios no setor do vestuário que, com a pandemia aderiram às vendas online”, é um dos fatores apontados para o segundo lugar do ranking per capita do registo de pedidos de marca nacionais  registados em 2020 na EU.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.