Shandong Ruyi finaliza compra da Lycra

Pouco mais de um ano após o anúncio da aquisição da divisão Apparel & Advanced Textiles (A&AT) do grupo Invista, o gigante grupo chinês Shandong Ruyi anunciou a finalização desta compra. A estrutura passa a chamar-se The Lycra Company, batizada em homenagem à marca mais famosa do portefólio adquirido, com a missão de fortalecer a liderança chinesa na área do elastano.


A operação deaquisiçãocomeçou no final de 2017 - Lycra

A nova entidade, da qual a Shandong Ruyi é a "acionista controladora”, como especificou o grupo num comunicado, irá operar como uma subsidiária independente. O seu portefólio incluirá as marcas Lycra, Lycra Hyfit, Coolmax, Thermolite, Elaspan, Supplex, Tactel e Terathane. O grupo Invista, por outro lado, vai conservar as fibras Cordura, Antron e Stainmaster.
 
A aquisição inclui os ativos da divisão Invista anterior, composta por oito unidades de produção, quatro laboratórios de P&D e 17 escritórios distribuídos por um total de 14 países, com cerca de 3 mil funcionários.
 
O antigo proprietário da Invista A&AT, o grupo norte-americano Koch Industries, participará no período de transição. O vice-presidente de tecnologia da A&AT, Bob Kirkwood, explicou à Fashionnetwork.com que ele próprio e Dave Trerotola, o CEO, permanecerão no comando após a mudança de propriedade. A única incerteza está na estratégia desejada pelo novo proprietário.
 
"A Ruyi tem um roteiro claro. Os ativos e tecnologias internacionais da Invista, combinados com as suas marcas líderes, bem conhecidas pelos consumidores, irão gerar grandes sinergias com as atividades da Ruyi no setor têxtil e do vestuário", disse Yafu Qiu, presidente do Conselho de Administração da Shandong Ruyi Investment Holding.

"A finalização marca uma nova etapa nos nossos esforços contínuos para desenvolver os nossos negócios totalmente integrados, transformando-nos de uma das principais fabricantes de têxteis/vestuário na líder mundial em tecnologias e marcas têxteis. Como um produtor de elastano, admiramos a icónica marca Lycra, estabelecida há anos como um padrão da indústria, e reconhecemos o valor que a Lycra Company trará ao nosso negócio. Os seus pontos fortes e capacidades complementam-nos perfeitamente e ajudarão a fortalecer a nossa posição como uma empresa têxtil internacional totalmente integrada", acrescentou.


A Lycra Company passa a fazer parte de um grupo que possui trinta marcas internacionais e controla mais de 6 mil lojas - Lycra

Gigante do vestuário têxtil chinês, a empresa Shandong Ruyi não limita as suas ambições e aquisições. Como ilustrado, em particular, pela aquisição do grupo francês GSPC (Sandro, Maje, Claudie Pierlot), mas também da empresa britânica Aquascutum, da japonesa Renown ou da italiana Nogara. Mais recentemente, o grupo trabalhou na aquisição da Bagir e da marca de acessórios Bally e adquiriu uma participação no site de luxo chinês Secoo. Além disso, estará de olho no grupo Arcadia, dono da Topshop. Atualmente, a empresa detém cerca de trinta marcas internacionais e possui uma rede de mais de 6 mil lojas em 81 países.

"A experiência do nosso novo acionista no setor têxtil e de retalho será um enorme trunfo à medida que desenvolvemos fibras diferenciadas oferecendo os benefícios de desempenho que os consumidores conhecem e esperam das nossas marcas”, disse Dave Trerotola, agora CEO da The Lycra Company.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

TêxtilIndústria
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER