×
326
Fashion Jobs
ADIDAS
Procurement Manager (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Sap sd (Afs & s4/Hana) (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Scm Products - Product Supply Primary Data (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Supply Chain Management Products - Tms Integration (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Planning Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Project Manager Supply Chain (M/F/D)
Efetivo · Porto
SALSA
Marketplaces Account Manager - Oportunidade de Contrubuir Para a Internacionalização da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Gbs HR Services - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Apo/Ibp (Snp) Consultant (F/M/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Hcm/sf Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Sac/bw-ip/Fico (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Consultant - Sac/bw-ip/Fico (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Controlling & Reporting - Brand Operating Overheads (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Controlling & Reporting - Group Functions Controlling Legal (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Controlling & Reporting - Marketing Working Budget (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
Por
AFP
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
29 de jul. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Showroomprivé: vendas em forte queda no primeiro semestre, mas com ligeiro lucro

Por
AFP
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
29 de jul. de 2022

As vendas do site de venda de stocks online Showroomprivé caíram mais de 21% no primeiro semestre de 2022, para 305,4 milhões de euros, mas o grupo SRP, seu proprietário, anunciou na quinta-feira manter-se em território positivo com um ligeiro lucro de 1,6 milhões de euros.


showroompreive.com


No primeiro semestre de 2021, a empresa havia divulgado um lucro líquido de 20,6 milhões de euros. E, em março de 2022, aquando da publicação dos seus resultados anuais, tinha alertado que o contexto incerto arriscava pesar na sua atividade no primeiro semestre, antecipando uma quebra do seu volume de negócios.
 
"Estamos a evoluir num ambiente degradado que confirma a tendência observada no final do ano passado, com tensões em matéria de produção e aprovisionamento das marcas e preocupações com o poder de compra dos clientes", reagiu à AFP o cofundador e diretor-geral do grupo David Dayan, que alerta que a queda da faturação também se explica por "uma base de comparação desfavorável".

O volume de negócios, ou GMV, também caiu significativamente (-18,2%) para 431,9 milhões de euros. Este indicador, que mede a atividade dos sites de comércio eletrónico, agrega as vendas efetuadas em marketplaces online por terceiros, bem como “outros serviços e outras receitas”.
 
David Dayan acrescentou: “Esperávamos uma recuperação na atividade no segundo semestre de 2022, mas esta parece estar a demorar mais tempo para se materializar.” O responsável disse estar confiante de que a Showroomprivé está “muito bem posicionada para a retoma, tanto a médio como a longo prazo”, referindo-se em particular aos drivers de crescimento para o grupo, que são “as viagens ou o ticketing, que se estão a desenvolver”. "O importante é que a nossa estrutura de custos resista.”
 
E indicou: “Sentimos que os franceses estão um pouco afetados pela inflação e que a pressão é um pouco mais forte sobre os preços, que os nossos clientes pedem descontos um pouco mais fortes.”. Para isso, é preciso estar "muito atento" aos custos, nomeadamente de transporte, segundo Dayan.

O grupo SRP anunciou em abril a aquisição de uma participação maioritária na The Bradery, um "player de crescimento muito forte em eventos de vendas de alta gama" visando consumidores jovens. Esta aquisição por 10,2 milhões de euros é acompanhada de uma opção de compra dos restantes 49%, “até 2026”. O grupo prevê sinergias.

O The Bradery, que tem cerca de 400 marcas parceiras, 200 mil compradores regulares e 300 mil seguidores assinantes no Instagram, está “quase equilibrado financeiramente”, disse David Dayan em abril.

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.