SoftBank Group investe 250 milhões de dólares na agência artística WME-IMG

A gigante japonesa das telecomunicações SoftBank Group investiu 250 milhões de dólares (224 milhões de euros) na agência americana WME-IMG, que representa desportistas, artistas e manequins, confirmando suas ambições no universo do entretenimento, segundo um comunicado comum recebido quinta-feira em Tóquio.

WME-IMG dirige a fashion week de Nova Iorque (Public School – Outono-inverno 2016 - Menswear – Nova Iorque) - © PixelFormula

O SoftBank integra assim o principal acionista da agência, o fundo Silver Lake Partners. A WME-IMG, nascida da aquisição feita em 2014 por William Morris Endeavor (WME) da sua rival IMG, pretende "utilizar esses fundos para realizar novos investimentos, aquisições e parcerias".
 
Por sua vez, o grupo do miliardário Masayoshi Son dá continuidade à sua estratégia de expansão do seu portefólio de conteúdo, complementar às suas redes. Já em outubro de 2014, ele havia adquirido o serviço de vídeo em linha DramaFever e investiu 250 milhões de dólares no grupo de médias californiano Legendary Entertainment.
 
Na mesma óptica, ele colocou as mãos no desenvolvedor GungHo, criador do jogo Puzzle & Dragons, ou ainda na desenvolvedora finlandesa de jogos Supercell.
 
WME-IMG, dirigida por Patrick Whitesell e Ari Emanuel, representa muitas vedetes de Hollywood, estrelas do pop, desportistas renomados e ícones da moda – entre os nomes quase sempre citados, encontram-se Ben Affleck, Martin Scorsese, Charlize Theron, Justin Timberlake ou ainda Serena Williams –, e possui ou opera mais de 30 fashion weeks no mundo, dentre as quais aquela de Nova Iorque.
 
"Ari, Patrick e o resto da equipa exibem sólidos antecedentes em termos de performance e transformação no cruzamento entre o entretenimento, o desporto e a moda", declarou Ron Fisher, membro do conselho de administração do SoftBank, responsável da transação. "Somos entusiastas da ideia de apoiá-los em sua nova etapa de desenvolvimento".
 
A operação leva a WME-IMG a valer 5.500 milhões de dólares, segundo o Financial Times.

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.

Moda - Pronto-a-vestirMédias
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER