Sonae avalia entrada em bolsa de duas das suas divisões de retalho

Sonae avalia a entrada em bolsa de uma das suas divisões de negócios mais importantes. O conselho de administração do grupo português anunciou que continua a avaliar a potencial entrada no mercado de ações de parte do seu portfólio de retalho.

Sede da Sonae - Sonae

Segundo confirmado pela própria empresa, caso a operação se concretize, a Sonae manterá uma posição maioritária para continuar a controlar o futuro dos seus negócios após a entrada de novos investidores.
 
O grupo considera que a operação será consistente com o princípio estratégico da Sonae, que visa criar valor para os acionistas e garantir o crescimento das suas empresas, fortalecendo as suas posições competitivas em cada um dos setores em que operam.

De acordo com a explicação da Sonae, o portfólio de retalho potencialmente sujeito à entrada em bolsa incluiria a Sonae MC, divisão especializada em retalho alimentar, e a Sonae RP, entidade que gere a propriedade imobiliária de retalho da Sonae.

No âmbito desta operação, a Sonae já nomeou o Barclays, o BNP Paribas e o Deutsche Bank para organizar reuniões exploratórias com potenciais investidores. Ainda assim, o grupo português diz que nesta fase não foi ainda tomada qualquer decisão formal e que a empresa continuará a fornecer informações quando as negociações progredirem.
 
No ano passado, a Sonae aumentou o seu volume de negócios em 6,9% para os 5.554 milhões de euros. Especificamente, a divisão Sports&Fashion, proprietária da Salsa, Zippy e Sport Zone, entre outras marcas, apresentou um crescimento de vendas de 11,7% para 589 milhões.

Traduzido por Estela Ataíde

Copyright © 2018 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Negócios
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER