×
Por
Jornal T
Publicado em
13 de nov. de 2020
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Sonae Fashion recua 16,6% na faturação, mas cresce online

Por
Jornal T
Publicado em
13 de nov. de 2020

"Após um segundo trimestre bastante difícil, marcado pelo confinamento, e de um terceiro trimestre ainda muito desafiante”, a Sonae Fashion, que inclui marcas como Salsa, Mo e Zippy, registou até setembro um volume de negócios de 232 milhões de euros, menos 16,6% que no mesmo período do ano passado.



Neste contexto, o canal online manteve o forte crescimento observado no segundo trimestre e “mais do que duplicou o seu desempenho no terceiro trimestre face ao homólogo”, diz ainda o grupo liderado por Cláudia Azevedo, num comunicado à CMVM.

“Apesar deste contexto, e num trimestre ainda com uma forte pressão negativa nas vendas do setor, a Sonae Fashion foi capaz de aumentar a sua quota de mercado. O desempenho das vendas entre as várias marcas e categorias foi distinto, refletindo diferentes posicionamentos de preço, dependência de tráfego nos centros comerciais e procura de itens essenciais”, explica o grupo em comunicado.

A totalidade do consolidado do grupo indica que, no terceiro trimestre do ano, os lucros aumentaram de 50 milhões para 51 milhões de euros – mas no conjunto dos primeiros nove meses do ano registou um prejuízo de 24 milhões, que comparam com os resultados positivos de 88 milhões verificados no período homólogo do ano passado. 

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.