×
269
Fashion Jobs
Publicado em
26 de set. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Sonae funde filiais das marcas infantis Zippy e Losan

Publicado em
26 de set. de 2022

A Sonae deu continuidade à integração operacional das suas marcas infantis. Depois de, no início de 2021, ter transferido a Losan para a alçada de Joana Ribeiro da Silva, que já era CEO da Zippy e passou assim a concentrar a gestão de ambas as marcas, agora o grupo português fundiu as filiais de ambas as empresas. Em Espanha a Losan absorveu a subsidiária da Zippy. Já em Portugal, o processo foi o inverso, indica o site Modaes, com base em informação presente no Registro Mercantil.


Em Espanha a Losan absorveu a subsidiária da Zippy e em Portugal o processo foi o inverso - Fotografia: Divulgação

 
Citada pelo site espanhol, Joana Ribeiro da Silva indica que “a ideia é apostar mais na marca”. Após esta reorganização, que é sobretudo de caráter administrativo, as duas marcas continuarão a operar de forma independente.
 
Segundo o Modaes, após esta alteração a Sonae irá manter a estrutura da Losan em Espanha, que é composta por escritórios em Madrid e Barcelona. A equipa comercial e de produto da Losan continuará a trabalhar a partir de Barcelona sob a liderança de Francesc Sanchez. Antigo diretor comercial da Boboli, o executivo chegou à Sonae em maio de 2021 para liderar a expansão comercial da Zippy e da Losan no multimarca.

Esta mudança dá seguimento a um processo de reestruturação corporativa iniciado em 2019 pelo grupo Sonae com o objetivo de impulsionar a presença das suas marcas infantis à escala internacional, que arrancou com a transferência da estrutura logística da Losan de Caspe (Zaragoza) para a Azambuja, onde já operavam a MO e a Zippy.
 
Além da Zippy (nascida em 2004) e da Losan (fundada em Madrid e nas mãos da Sonae desde 2015), a Zeitreel, que agrupa as insígnias de moda da Sonae, inclui ainda a Salsa e a MO. No primeiro semestre do ano, esta divisão registou uma faturação de 174 milhões de euros, uma evolução de 28,1% face ao mesmo semestre de 2021. 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.