×
372
Fashion Jobs
SACOOR BROTHERS
Sales Assistant- Centro Comercial Vasco da Gama (m, f)
Efetivo · Lisboa
TIFFOSI
Comprador de Moda (m/f)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo · Faro
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo · Alicante
CH CAROLINA HERRERA
Vendedor/a Lisboa Full Time
Temporario · LISBOA
THE FEETING ROOM
Sales Assistant
Temporario · PORTO
H&M
Sales Advisor Part-Time Para Cascais Shopping
Efetivo · Alcabideche
CONFIDENCIAL
Senior Sales Assistant
Efetivo · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Dolce Vita Tejo (Ubbo) - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Amadora
RALPH LAUREN
Sales Associate Part Time/ Vendedor de Loja (Part Time)
Efetivo · Modivas
RALPH LAUREN
Sales Associate Part Time / Vendedor de Loja (Part Time)
Efetivo · Modivas
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Évora Plaza - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Évora
TIFFOSI
Store Manager/ Gerente de Loja
Efetivo · Beja
HUGO BOSS
Sales Associate Hugo Boss Centro Comercial Lisboa (f/m)
Efetivo · Lisbon
LEVI'S
Part-Time 20h Levi Strauss Eci
Efetivo · Vila Nova de Gaia
SALSA
Digital Marketing Assistant – Suporte Aos Canais Paid Marketing, Newsletters e Redes Sociais
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Fórum Coimbra - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Coimbra
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Nosso Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Vila Real
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Porto Centro - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Porto
SALSA
Trade Marketing Assistant – Suporte Aos Canais Wholesale & Department Store
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
19 de dez de 2019
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Sonia Rykiel adquirida por dois dos fundadores da ShowroomPrivé

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
19 de dez de 2019

Chegou ao fim a novela judicial da Sonia Rykiel. Após a liquidação da empresa fundada em 1968 pela designer homónima, a marca foi comprada pelos irmãos Eric e Michael Dayan que, juntamente com David Dayan e Thierry Petit, fundaram o site Showroomprivé em 2006. Após terem atuado como sócios-diretores, estes desligaram-se dos cargos há dois anos, mas mantiveram-se acionistas e passaram a atuar como consultores de várias marcas de moda em estratégia, com foco em digital.


Sonia Rykiel primavera-verão 2019, a última coleção da marca antes da sua liquidação - Sonia Rykiel


Cerca de 20 propostas diferentes foram apresentadas ao juiz, que decidiu selecionar a apresentada pelos dois irmãos. "Esta aquisição está alinhada com a continuação da nossa jornada empreendedora", anunciou a dupla na quarta-feira (18), um dia após o anúncio da decisão judicial que lhes atribuiu os ativos da Sonia Rykiel, a marca e os seus arquivos. O seu plano é relançar a marca de moda este ano, em França e no estrangeiro, mas nenhum detalhe adicional foi revelado por enquanto.

Os novos proprietários informaram estão felizes por poderem manter "a marca e o legado franceses da Sonia Rykiel", ou melhor, torná-los franceses novamente, uma vez que o grupo First Heritage Brands, proprietário anterior que desistiu no início de 2019, era maioritariamente detido pela gigante de Hong Kong Li & Fung e o fundo Temasek, juntamente com Jean-Marc Loubier.

Antes da ShowroomPrivé, Eric Dayan trabalhou como executivo na especialista em desarmazenagem France Export. Após a fundação da plataforma, tornou-se responsável pelas operações B2B. O seu irmão, Michael Dayan, ficou encarregue das questões comerciais e jurídicas. Olhando para o futuro e para os desafios da Sonia Rykiel, a dupla acredita que a sua "estabilidade financeira e experiência no setor sejam duas vantagens que lhes permitirão desenvolver a marca e dar-lhe uma nova vida".

Nos últimos anos, a marca de prêt-à-porter e acessórios de luxo obteve prejuízo até a sua  faturação cair para 35 milhões de euros em 2018  e registar quase o mesmo número em perdas. Após declarar falência e a tentativa frustrada de encontrar compradores, os 131 funcionários da maison e a sua rede de seis lojas próprias foram liquidados este verão.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.