×
Por
AFP
Publicado em
29 de out. de 2016
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Sonia Rykiel pretende cortar um quarto dos seus quadros

Por
AFP
Publicado em
29 de out. de 2016

A casa de costura Sonia Rykiel revelou quarta-feira um plano estratégico prevendo o corte de um quarto dos seus efetivos a fim de relançar a marca que se encontra em dificuldades por um "contexto desfavorável".

Sonia Rykiel está revendo sua organização. - Sonia Rykiel


"Esta reorganização provocaria uma diminuição dos quadros de 79 postos de 330", explica em um comunicado a empresa, cuja fundadora Sonia Rykiel faleceu em agosto passado aos 86 anos de idade.
 
A casa de costura pertence desde 2012 ao fundo de investimento chinês First Heritage Brands, que detinha 80% do capital antes de alcançar os 100% nos inícios de 2016.

Ela decidiu colocar um fim à sua linha 'bis', 'Sonia by Sonia Rykiel', destinada a uma clientela mais jovem, assim como à coleção infantil. A grife deseja "concentrar seus recursos na sua linha original Sonia Rykiel, a mais forte, mais criativa e a mais aspiracional", que será ampliada e dotada de um segmento "mais acessível".
 
O "contexto desfavorável" do mercado de luxo e da moda está colocado. A Maison sublinha assim "a extrema dificuldade da atividade no leste europeu e os questionamentos na Ásia, duas regiões geográficas principais" e "mais recentemente os atentados em França e Bélgica, a forte queda concomitante dos fluxos turísticos e das compras relacionadas a este tipo de clientela". "Apesar esta conjunção de eventos, a Maison alcança sucesso no mercado internacional, em especial nos Estados Unidos", salienta a grife.
 
A empresa aponta que, em 2015, "o volume de negócios voltou ao crescimento pela primeira vez desde 2008, puxado pela atratividade das coleções de pronto-a-vestir e por um sucesso inicial da nova oferta de marroquinaria". Mas "esses resultados encorajadores não permitem, por si só, assegurar um crescimento sustentável", resume a casa de costura.

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.