×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
9 de fev. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Spartoo fecha 2021 com aumento de 10,3% no volume de negócios

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
9 de fev. de 2022

Após a sua entrada em bolsa no verão passado, a Spartoo publica os seus primeiros resultados anuais no âmbito desta cotação em Paris. A retalhista online francesa mostra-se satisfeita por ter aumentado o seu volume de negócios em 10,3% em 2021, tendo gerado 213,7 milhões de euros ao longo destes doze meses (contra 193,7 milhões registados em 2020). O estado dos seus lucros ainda não foi comunicado.


Imagem do lookbook primavera-verão2022 - Spartoo


A plataforma de e-commerce especializada em moda (calçado, pronto-a-vestir, bolsas), que também conta com uma rede de oito lojas próprias e seis corners na Printemps, registou 40% dessas vendas no mercado internacional. Boris Saragaglia, CEO da Spartoo, expõe: “O desempenho comercial registado em 2021, em linha com o nosso objetivo anunciado aquando do IPO, confirma as nossas ambições de desenvolvimento a curto e médio prazo, impulsionadas pelo dinamismo positivo do e-commerce e pela nossa amplitude de gama.”
 
Reunindo no seu portal 10 mil marcas e mais de um milhão de referências, a Spartoo adquiriu as marcas de calçado JB Martin e Christian Pellet no final de 2020, e pretende dar continuidade às aquisições de marcas. A empresa, que emprega mais de 400 pessoas, decidiu no ano passado entrar em bolsa, o que lhe permitiu realizar um aumento de capital de 23,7 milhões de euros.

O dirigente da empresa fundada em 2006 mostra-se otimista quanto à continuação da atividade em 2022. "A nossa dinâmica de crescimento deverá manter-se ao longo do próximo ano, impulsionada pelos nossos ativos sólidos, nomeadamente a nossa estratégia de internalização de toda a cadeia de valor do e-commerce, garantindo um conhecimento e experiência do cliente únicos, e o nosso desejo de oferecer a mais ampla escolha possível de artigos aos nossos clientes." Consumidores que pretende seduzir em toda a Europa, já que a plataforma está disponível em mais de 25 países do continente.

Copyright © 2023 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.