×
370
Fashion Jobs
JD SPORT
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services - Compensation (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Demand Planner (m/f)
Efetivo · Maia
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Associate Accountant Accounts Payable (m/f)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Vendedor (m/f) Sport Zone Fórum Aveiro
Temporario · Aveiro
JD SPORT
Vendedor (m/f) Sport Zone Sines
Temporario · Sines
JD SPORT
Vendedor (m/f) Sport Zone Cascais
Temporario · Cascais
JD SPORT
Vendedor (m/f) Sport Zone Caldas Rainha
Temporario · Caldas da Rainha
JD SPORT
Vendedor (m/f) Sport Zone Vila Real - Nosso Shopping
Temporario · Vila Real
JD SPORT
Trainees Sport Zone (m/f)
Estágio · Maia
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Barcelos - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Braga
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
13 de jan. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Stefano Ricci celebra 50 anos com coragem

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
13 de jan. de 2022

Em 2022, a Stefano Ricci vai apagar as velas do seu 50.º aniversário e pretende celebrar o evento com grande pompa e circunstância, a fim de consolidar a sua imagem como uma marca de topo de gama. Enquanto se espera que a maison de pronto-a-vestir dos florentinos por excelência regresse ao seu nível pré-pandémico este ano, a maison deu o tom para as festividades do seu 50.º aniversário na Pitti Uomo com uma antevisão da sua nova fragrância Firenze. Assim como celebrou a recuperação com um volume de negócios de 128 milhões de euros.


Niccolò, Stefano e Filippo Ricci - DR


Este é o seu décimo quarto perfume desde a sua estreia neste segmento em 1997, há 25 anos, caracterizado por notas cítricas que lembram laranjais dos jardins secretos de Florença, a cidade natal da maison, que deu o seu nome a este perfume desenvolvido internamente e feito em Milão.
 
A par deste lançamento, a Stefano Ricci está a planear uma grande abertura em Nova Iorque no próximo verão, onde a marca mudará a sua loja da Park Avenue para a 57th Street. Nos EUA, a marca tem duas outras lojas em Las Vegas, uma em Miami e outra em Beverly Hills.

"Estamos também a trabalhar na abertura de sete a oito novas lojas este ano, enquanto as nossas celebrações do cinquentenário culminarão num desfile de moda planeado para o final de março", diz Niccolò Ricci, diretor-geral da marca, sem revelar mais sobre o local escolhido, exceto que o desfile será realizado fora de Itália, uma vez que as vendas internacionais são responsáveis por mais de 80% das vendas da etiqueta.

100% Made in Italy



A equipa familiar completa-se com o irmão Filippo ao leme do estilo, e com o apoio do pai Stefano Ricci, ainda ativo como presidente, o qual fundou a marca 100% Made in Italy de pronto-a-vestir masculino com o seu nome em 1972, juntamente com a esposa Claudia.
 
Originalmente um laboratório de gravatas, a pequena empresa familiar cresceu rapidamente e expandiu a sua oferta para incluir camisas e pequenos artigos de couro, ao ponto de oferecer um look completo para homens, desde o vestuário formal ao vestuário desportivo, malhas e sapatos, sem esquecer os preciosos botões de punho feitos pelos seus ourives. Este universo foi ainda mais enriquecido com uma linha júnior, perfumes e coleções para a casa, desde louça de mesa a roupa de cama e mobiliário, sem esquecer o vinho e os charutos!


Look para a estação de outono-inverno 2022/2023 - Srefano Ricci


Como a maioria das maisons, a marca Stefano Ricci, que emprega 600 pessoas e tem 70 lojas, foi atingida pela crise da pandemia de COVID-19. As suas vendas em 2019, que ascenderam a 148,3 milhões de euros, caíram 40% em 2020. Em 2021, o seu volume de negócios será de 128 milhões de euros, com o rótulo a contar com 2022 para recuperar o seu nível pré-pandémico.
 
"Aproveitámos estes dois anos para otimizar os processos e reforçar a nossa estrutura interna para melhorar a qualidade e a gestão. É certo que a ausência dos turistas chineses continua a penalizar-nos. Para não mencionar as atuais dificuldades com os problemas de transporte de mercadorias e o aumento do preço da energia e das matérias-primas", diz Niccolò Ricci.
 
Em termos de estilo, a empresa continua a dar ênfase a um guarda-roupa mais informal, embora esteja a ver "um regresso à elegância".

"Há uma grande procura de mais e mais conforto com casacos não estruturados com ombros macios e a introdução de materiais técnicos. Vendemos muitas malhas e jeans, mas também peças formais, com as peças de vestuário (alfaiataria) ainda a representar 20% das nossas vendas, enquanto os artigos de couro estão a aumentar na Ásia", explica Filippo Ricci.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.