×
305
Fashion Jobs
GIANNI KAVANAGH
PR / Influencers Management
Efetivo · BRAGA
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Lisboa - CDI - Part-Time - 30h - m/h
Efetivo · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Madeira Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Funchal Rua - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Alma Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Coimbra
CLAUDIE PIERLOT PORTUGAL
Vendedor(a) - CDD 15h - 6 Meces - Porto Norte H/F
Temporario · SENHORA DA HORA
TOMMY HILFIGER (RETAIL)
Vendedor/a - 30h - Chiado
Temporario · LISBOA
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
15 de dez. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Sucessão de Virgil Abloh na Louis Vuitton alimenta rumores

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
15 de dez. de 2021

Quase duas semanas após o falecimento de Virgil Abloh, que morreu de cancro a 28 de novembro, a questão da sua sucessão na Louis Vuitton já alimenta rumores. A imprensa britânica divulgou o primeiro, indicando o rapper Kanye West, amigo íntimo do criador americano, como o seu potencial herdeiro à frente das coleções masculinas da principal marca da LVMH.
 

Kanye West (esquerda) e Virgil Abloh, emocionado durante o seu primeiro desfile para a marca francesa - Louis Vuitton


Foi o tabloide The Sun, mais conhecido pelas suas reportagens sobre escândalos do que por notícias relacionadas com a indústria da moda, que publicou inicialmente a informação, garantindo que esta manobra, "destinada a colocar o rapper no coração da indústria da moda, terá sido orquestrada antes que o estilista sucumbisse aos 41 anos”. O jornal destaca a forte amizade entre os dois afro-americanos desde que participaram juntos, em 2009, num estágio na Fendi, outra marca do universo LVMH.
 
No mesmo ano, Kanye West colaborou com a Louis Vuitton, fazendo três modelos de sneakers que viriam a ter muito sucesso, rompendo pela primeira vez as barreiras entre o streetwear e o mundo do luxo. O rapper e produtor continuou a fazer nome ao lançar em 2015 a Yeezy, a sua marca própria de moda streetwear de alta gama.

Mas, é conhecido o perfil instável do rapper, que sofre de bipolaridade. Um elemento incapacitante para qualquer candidato que ambicione assumir a direção artística de uma marca da LVMH, sobretudo a da Louis Vuitton, maison histórica do grupo.

Além disso, a aproximação, no verão passado, entre Kanye West e a Kering, a grande concorrente da galáxia de Bernard Arnault, não deverá abonar a seu favor. O músico foi visto nos desfiles da Balenciaga e da Bottega Veneta e, o mais importante, confiou a direção criativa do evento dedicado ao lançamento do seu mais recente álbum Donda ao diretor artístico da Balenciaga, Demna Gvasalia.

Embora a hipótese de Kanye West na Louis Vuitton pareça improvável, a LVMH terá que enfrentar rapidamente a questão desta sucessão delicada. A gigante do luxo deverá encontrar um sucessor para Virgil Abloh não só no pronto-a-vestir masculino da Louis Vuitton, mas também para assumir o estúdio da Off-White, a marca do designer que a LVMH assumiu em julho passado com um participação em torno de 60%. Em ambos os casos, a hipótese mais provável parece ser a de uma solução transitória, confiando a criatividade a um estilista interno.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.