×
Por
Reuters API
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
13 de jul. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Swatch Group volta a registar lucro no primeiro semestre

Por
Reuters API
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
13 de jul. de 2021

O Swatch Group voltou a registar lucro no primeiro semestre de 2021. A empresa suíça especializada em relógios anunciou na segunda-feira (12 de julho) que as suas vendas aumentaram mais de 50%, em conformidade com a procura que foi recuperando a marca dos piores momentos da pandemia de COVID-19.


Vendas da Swatch aumentaram mais de 50% - DR


O fabricante dos relógios das marcas Longines, Tissot e Omega disse que registou um lucro líquido de 270 milhões de francos suíços (295 milhões de dólares) em comparação com um prejuízo de 308 milhões de francos no mesmo período do ano passado. As vendas aumentaram para 3,39 mil milhões de francos, ante 2,19 mil milhões um ano antes.

A Swatch, conhecida pelas avaliações otimistas do mercado, informou ainda que espera mais melhorias nas vendas durante a segunda metade do ano, conforme as paralisações do COVID-19 e as restrições de viagens associadas ao coronavírus sejam atenuadas.

"Com base no aumento significativamente acelerado nas vendas no segundo trimestre, particularmente no mês de junho, o Swatch Group prevê um crescimento ainda mais forte em moedas locais no segundo semestre do ano, com vendas acima dos níveis de 2019", declarou a empresa num comunicado de imprensa.

As vendas de relógios suíços recuperaram este ano graças à sólida procura na China continental e nos EUA, e à reabertura de lojas na Europa, mas o valor das exportações de relógios suíços ainda ficou 3% abaixo dos níveis de 2019 nos primeiros cinco meses de 2021.

A empresa concorrente do Swatch Group, a Richemont, proprietária das joias Cartier e das marcas de relógios Piaget e IWC, deve publicar a sua última atualização de vendas na sexta-feira (16 de julho).
 

© Thomson Reuters 2021 All rights reserved.