×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
11 de mai de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Tendam fecha financiamento de 132,5 milhões de euros e abre lojas

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
11 de mai de 2020

A Tendam, grupo de moda que detém as marcas Cortefiel, Fifty, Pedro del Hierro, Springfield e Women'secret, reforça a sua liquidez depois de assinar um financiamento num total de 132,5 milhões de euros, conforme refere num comunicado à imprensa.


Tendam


Concretamente, a empresa especificou que o financiamento está estruturado em 122,5 milhões de euros num empréstimo sindicado e em 10 milhões de euros num empréstimo bilateral.

Assim, as entidades que participaram nesta operação são o Banco Santander, o Instituto de Crédito Oficial (ICO), o BBVA, o CaixaBank, a Société Générale, a Bankia, o Banco Sabadell e o Crédit Agricole.

A empresa salientou que, no final de fevereiro, o que coincide com o final do seu exercício de 2019/ 2020, tinha uma posição financeira "sólida" e a dívida mais baixa dos últimos 15 anos.

A empresa, que manteve as suas lojas fechadas durante dois meses, devido à crise do coronavírus COVID-19, compensou 100% dos salários de todos os colaboradores num processo de regulamentação do trabalho temporário (ERTE), durante os meses de março e abril, tendo-lhes concedido quase 2.000 empréstimos com taxa de juro zero, antecipando possíveis atrasos no pagamento da parte SEPE.

O presidente e CEO da Tendam, Jaume Miquel, mostrou-se satisfeito por ter enfrentado esta crise "sem precedentes" com uma posição financeira "sólida". "Permitiu-nos dar um apoio decisivo a todos os nossos colaboradores num momento particularmente difícil e, ao mesmo tempo, colaborar com a sociedade num espírito de solidariedade", afirmou.

"Este crédito adicional ratifica a confiança das instituições financeiras na Tendam e permite-nos proteger os nossos negócios dos efeitos negativos do COVID-19", acrescentou.


Jaume Miquel,presidente e CEOda Tendam - Tendam


A enfrentar a abertura de lojas com "ilusão" e "cautela"
 
Desde 4 de maio, a Tendam já abriu 100 espaços entre lojas próprias e franchisadas e, a partir de segunda-feira (11 de maio), serão abertas mais 200 lojas na Bélgica, Espanha, França e Portugal.

A empresa salientou que o negócio online, em maio, está a mais do que duplicar as vendas após um abrandamento inicial, durante as primeiras semanas do confinamento, e de um abril que cresceu para mais de 30%.

"Estamos perante a abertura de mais lojas com entusiasmo e cautela. A ilusão de voltar a encontrar os nossos clientes e de lhes prestar o serviço que merecem, e a prudência de um quadro de abertura incerto. O canal digital tem sido a forma de contactar e servir os nossos clientes e parceiros, uma parte fundamental da nossa estratégia omnicanal e um pilar sólido do crescimento futuro da Tendam", afirmou Miquel.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.