×
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
29 de jul. de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Tendam quadruplica faturação no primeiro trimestre

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
29 de jul. de 2021

O grupo de moda espanhol recupera o fôlego no primeiro trimestre do exercício. Após ter acusado os efeitos da pandemia ao longo de 2020, o conglomerado liderado por Jaume Miquel fechou os primeiros três meses do exercício, um período compreendido entre 1 de março e 31 de maio e marcado pelo encerramento de 23% da sua rede comercial, com uma faturação de 197,9 milhões de euros, o que representa um crescimento de 280% face ao ano anterior e que alcança 90,4% das vendas de 2019. Por outro lado, as vendas em superfície comparável aumentaram 32,6%.


Slow Love


Assim, as receitas totais da empresa, que agrupa as marcas Cortefiel, Pedro del Hierro, Women'secret, Springfield, Fifty, Hoss Intropia, High Spirits e Slow Love, alcançaram mais 145,9 milhões de euros do que no mesmo período de 2020. Sobre o desempenho por marcas, a Tendam sublinhou o “crescimento sólido e continuado” da Women'secret, com aumentos de 208,1% e 4,8% face a 2020 e 2019, respetivamente. A empresa destacou ainda a “maior recuperação da Cortefiel e da Pedro del Hierro”, com um crescimento de até 342,4%. Por último, a incorporação de até 50 marcas de terceiros à sua plataforma de venda online e o lançamento ou aquisição de marcas como Hoss Intropia, High Spirits ou Slow Love contribuíram para o crescimento do grupo até 8,1% e já representam 2% da sua faturação total.

Por seu lado, a faturação do canal online registou um crescimento de 40% em relação a 2020 e de 90% em relação a 2019, de forma que já representa 13% das vendas totais do grupo. No caso de Espanha, esse número sobe para 16%. Além disso, o grupo destacou o crescimento das marcas Fifty, Cortefiel e Springfield, que registaram aumentos de 153%, 82% e 55%, respetivamente.

Coincidindo com a apresentação dos resultados trimestrais, Jaume Miquel, presidente e CEO da Tendam, declarou: “A empresa superou as nossas expectativas iniciais durante o primeiro trimestre. A contribuição para o grupo das marcas de terceiros incorporadas à oferta digital e as novas marcas próprias, a recuperação das vendas e a boa evolução nos primeiros meses do segundo trimestre mostram que a transformação radical da Tendam já está a criar valor e a gerar um modelo de crescimento sustentado e rentável.”

Paralelamente, a empresa espanhola registou uma evolução positiva do Ebitda, atingindo os 40,5 milhões de euros e encadeando quatro trimestres positivos. Além disso, a Tendam elevou a sua posição de liquidez no período, registando 333,8 milhões de euros, que ultrapassam os 251,1 e 214,3 milhões de euros nos primeiros trimestres de 2020 e 2019, respetivamente.

Concluindo que as projeções da empresa são de atingir 90% do Ebitda 2019 no final do primeiro semestre, o CEO da empresa acrescentou: “Estou muito satisfeito com o comportamento da empresa, que demonstra a força do nosso modelo de transformação e a capacidade de crescimento sustentado e rentável da Tendam como um ecossistema omnicanal aberto, capaz de otimizar um tráfego de mais de 400 milhões de consumidores.”

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.