×
Por
Jornal T
Publicado em
27 de jan de 2020
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Têxtil e design na residência oficial de São Bento

Por
Jornal T
Publicado em
27 de jan de 2020

Burel Factory, Ferreira de Sá, Tapetes Beiriz e Tapetes Portalegre são algumas marcas do setor responsáveis pelas 85 peças de têxteis, mobiliário e decoração que enchem desde há dois dias o Palácio de São Bento, residência oficial do primeiro-ministro.



A intenção é que a residência acolha, até junho do próximo ano, uma mostra representativa do design português, com particular incidência para a criação contemporânea e destacando os vários setores da produção nacional –  têxteis, cerâmica madeira, cortiça, pedra e vidro.

Com curadoria da diretora do Museu do Design e da Moda (Mude), Bárbara Coutinho, a intervenção nas principais salas da Residência Oficial teve como princípio conferir um visual mais contemporâneo a este espaço de representação nacional. Expressando um conceito abrangente de design, esta mostra inclui peças representativas do património e da cultura portuguesa, do século XII ao século XXI.

Esta iniciativa inédita, intitulada Design em São Bento – Traços da Cultura Portuguesa, é organizada em parceria entre o Mude e a Câmara Municipal de Lisboa, e conta com a colaboração de empresas, designers, museus, coleções privadas e municípios, constituindo uma ampla representação do território nacional.

A residência oficial estará aberta ao público nos primeiros domingos de cada mês, com visitas guiadas e gratuitas à exposição.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.