×
Por
Jornal T
Publicado em
26 de nov. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Têxtil e Vestuário com 71 milhões da bazuca

Por
Jornal T
Publicado em
26 de nov. de 2021

O Governo acaba de publicar a portaria de execução do PRR – Plano e Recuperação e Resiliência na parte que respeita aos incentivos às empresas no âmbito da promoção da bioeconomia sustentável. Para o Têxtil e Vestuário estão atribuídos 71 milhões de euros, entre os 129,5 milhões destinados à promoção da produção de novos produtos a partir de recursos biológicos para três áreas, onde se inclui calçado (41 milhões) e a promoção e valorização da resina natural (17,5 milhões).



No têxtil, um consórcio liderado por 13 empresas do setor, associadas às universidades do Porto, Minho e Beira Interior, CITEVE, INEGI e INESCTEC, avançaram já com um projeto para a utilização otimizada da água em contexto industrial. O objetivo é reduzir drasticamente a utilização de água nos diversos processos de produção da indústria têxtil e ainda a reutilização daquela que entra nesse processo, o que permitirá a utilização cada vez em menor quantidade de novos fluxos.

Segundo o diretor-geral do CITEVE, Braz Costa, o projeto pretende ser um ponto de partida para disseminar por outros utilizadores numa lógica de produção de conhecimento para o futuro onde as mais-valias que o consórcio apresentou aos responsáveis do PRR não se resumam ao próprio projeto.

Adalberto, Albano Morgado, Riopele, Fitecom, Valerius, JF Almeida, Tintex, Domingos Sousa & Filhos, Acatel, Crispim Abreu, ATB, Rifer e Tinamar, são as 13 têxteis envolvidas, às quais juntam ainda cinco empresas de setores relacionados: Ioteck, Smart Separation, Aquitex, Castro Pinto & Costa e Enkrott.

Estas 13 têxteis que fazem parte do projeto compreendem toda a tipologia de processos de tinturaria, estamparia e acabamentos, bem como as diversas tipologias de estruturas têxteis e composições de fibras”, explicou ainda o diretor de Tecnologia e Engenharia do CITEVE, José Morgado.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.