×
Por
Agência LUSA
Publicado em
21 de jan. de 2015
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Têxtil português exportou 4,600 milhões de euros em 2014

Por
Agência LUSA
Publicado em
21 de jan. de 2015

Vila Nova de Famalicão, Braga, (Lusa) – O valor das exportações portuguesas no setor têxtil e do vestuário ascendeu, em 2014, a 4,6 mil milhões de euros, tendo a Galiza sido um dos principais clientes, com compras avaliadas em mais de mil milhões de euros, segundo divulgado.

Foto: EPA


Segundo o presidente da Associação Têxtil e Vestuário de Portugal (ATP), João Costa, Espanha foi, em 2014, o destino de mais de 30% das exportações portuguesas do setor, num valor de 1,5 mil milhões de euros.

“Deste valor, mil milhões de euros referem-se a exportações para a Galiza”, referiu, destacando entre os clientes a Inditex, um grupo com sede em Arteixo, na Corunha, composto por centenas de empresas da área do design, fabrico e distribuição de produtos têxteis.

João Costa falava durante uma visita de empresários têxteis da Galiza ao Centro Tecnológico das Indústrias Têxtil e do Vestuário de Portugal (CITEVE), em Vila Nova de Famalicão.

Organizada pelo Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial (AECT) Galiza-Norte de Portugal, a jornada incluiu ainda visitas a duas empresas têxteis do Minho.


“O objetivo é fortalecer o ‘cluster’ têxtil-moda transfronteiriço”, explicou o secretário-geral da Confederação das Indústrias Têxteis da Galiza, Alberto Rocha Guisande, sublinhando que esta é uma parceria que “já vem de há muitos anos”.

O presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, Emídio Gomes, referiu que o têxtil “é um setor prioritário” nas relações económicas com a Galiza. “O que nos motiva é ajudar a economia”, afirmou.

Posição partilhada pelo presidente do Instituto Galego de Promoção Económica, Abel Veiga, que apontou Portugal como “o sócio prioritário” daquela região autónoma de Espanha.

Ainda no decorrer do primeiro trimestre deste ano, empresários portugueses do têxtil e vestuário retribuirão esta visita dos galegos.

Copyright © 2022 Agência LUSA. Todos os direitos reservados.