Têxtil português ruma à Munich Fabric Start

Em plena época de salões profissionais, Munique é a próxima paragem da indústria nacional de têxtil e vestuário. Mais de 30 empresas têxteis nacionais reservaram lugar na Munich Fabric Start, que decorre na cidade alemã entre 29 e 31 de janeiro.
 
O salão Munich Fabric Start - MUNICH FABRIC START

Durante três dias, as empresas portuguesas esperam conquistar novos clientes para a produção nacional, tendo sempre em vista o aumento do volume de exportações deste setor, que “já representa 10% de toda a exportação nacional”, lembra a Associação Selectiva Moda em comunicado.
 
Focada neste objetivo, a Selectiva Moda volta a apoiar a participação de uma comitiva nacional no salão, no âmbito no projeto de promoção internacional “From Portugal”. Nesta edição, o grupo é composto pelas empresas A.Sampaio, Albano Morgado, Anbievolution, Citeve, J.Areal, LA Estampa, Luís Azevedo, Lurdes Sampaio, M.M.R.A., Magma Têxtil, Modelmalhas, OTS by Otojal, RDD, Samofil, Sanmartin, Satinskin Têxteis, Sidónios, Texser, Tintex e Trimalhas. Além da Comitiva "From Portugal", o país será representado no evento pela 6 Dias, Adalberto Estampados, Carvema Têxtil, Casa da Malha - C5M, João & Feliciano, Paulo de Oliveira, Penteadora, Riopele, Somelos Tecidos, Tessimax Lanifício, Vilarinho e Vilartex.
 
A ITV nacional terá ainda oportunidade de dar a conhecer na Munich Fabric Start a sua crescente aposta na sustentabilidade. Depois de ter sido apresentado pela primeira vez na edição de outubro de 2018 do Modtissimo e de se ter estreado no domínio internacional há poucos dias, no Neonyt Trade Fair, em Berlim, o “Green Circle” chega agora a Munique. Durante três dias, o showcase de moda sustentável irá apresentar seis coordenados assinados por designers nacionais e compostos por peças feitas de produtos ecológicos de empresas nacionais. No mesmo espaço, o CITEVE irá ainda apresentar alguns desenvolvimentos no domínio dos Smart Textiles.
 
Também entre as empresas expositoras haverá espaço para as propostas sustentáveis, como é o caso da empresa Lurdes Sampaio, que ruma à Munich Fabric Start munida de “produtos com linhas sustentáveis, recicladas, orgânicas e biodegradáveis”, como explica a administradora Conceição Sá. Já a Tintex leva uma seleção variada de artigos ecológicos, dando continuidade a uma aposta nas soluções sustentáveis que já lhe valeu um reconhecimento pela ética ambiental na Première Vision (Paris) e na ISPO (Munique). A “onda verde” nacional será também representada pela RDD Textiles, que tem feito da sustentabilidade um dos seus valores, uma abordagem que começa no sourcing de matérias-primas, passa pelo design, desenvolvimento e produção e vai até ao produto final, explica Elsa Parente, business manager da empresa.
 
Com cerca de mil expositores de 36 países, a Munich Fabric Start prepara-se para apresentar 1700 coleções de tecidos e acessórios para pronto-a-vestir masculino e feminino, denim e sportswear a mais de 20 mil visitantes profissionais da indústria têxtil e de vestuário. 

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirModa - AcessóriosDesportoDenimTêxtilSalões de Moda
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER