×
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
20 de mai. de 2020
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

The Woolmark Company e Grupo Marzotto anunciam vencedores da "Wool4school Italia" 2019/20

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
20 de mai. de 2020

A The Woolmark Company e o Grupo Marzotto anunciaram os vencedores da edição de 2019/20 do concurso "Wool4school Italia", para estudantes do ensino secundário, que visa aproximar os jovens designers do mundo da lã e promover a sua utilização inovadora.



Mais de 4.500 estudantes de mais de 58 instituições em nove regiões diferentes participaram no concurso deste ano. A sua tarefa era conceber uma peça de vestuário ou fato utilizando pelo menos 80% de lã Merino e incorporando a utilização de tecnologia para melhorar tanto o desempenho como a funcionalidade.
 
O vencedor geral desta edição da "Wool4school Italia" é Giorgia Cattunar, do Liceo Artistico Enrico e Umberto Nordio em Trieste. "Ao combinar a lã, a fibra natural e sustentável por excelência, com outro tecido chamado Crabyon (derivado de conchas de marisco), conseguiu demonstrar que existe uma alternativa válida aos materiais sintéticos, criando assim uma nova e tecnológica forma de "reconexão" com o mundo da natureza", lê-se na motivação para o prémio.

O equipamento incorpora auscultadores wi-fi, que reproduzem sons personalizados que visam criar um maior bem-estar psicofísico da pessoa, resultado da análise de um algoritmo que combina batimento cardíaco, posição e condições meteorológicas. A vencedora verá a sua roupa realizada fisicamente e terá a oportunidade de fazer um estágio, com a duração de duas semanas, no Grupo Marzotto.


Giorgia Cattunar,a vencedora doconcurso


Giulia Gaeta do ISIS Newton de Varese, Antonietta di Caprio do ISI, Enrico Mattei de Caserta e a própria Giorgia Cattunar são os vencedores do 3.º, 4.º e 5.º anos de estudos, respectivamente. "Os rapazes conseguiram interpretar da melhor forma o conceito de tecnologias "vestíveis", melhorando assim o desempenho e a função das suas peças de vestuário, realçando mais uma vez as qualidades e propriedades da lã Merino", acrescentam na sua declaração conjunta a The Woolmark Company e o Grupo Marzotto.
 
"Os rapazes demonstraram, apesar do período complexo, que responderam perfeitamente ao desafio lançado pela The Woolmark Company!", diz o conhecido Giorgio Todesco, CEO da Marzotto Wool Manufacturing. "Os projectos apresentados estavam em conformidade com o ADN da Marzotto, que durante anos combinou perfeitamente a tradição do saber-fazer italiano com uma forte inovação".
 
"Neste momento de incrível dificuldade e extraordinária emergência, muitos jovens talentos conseguiram completar os seus projectos com grande empenho e dedicação e isto só confirma a nossa confiança neles como futuros protagonistas no mundo da moda e do design", acrescentou Francesco Magri, director regional para a Europa continental da The Woolmark Company. "Os finalistas e vencedores mostraram-nos como a lã pode ser uma alternativa válida às fibras sintéticas e, se combinada com outras tecnologias, pode até melhorar a qualidade de vida e a saúde de quem a usa".


O projecto vencedor


Lançada pela primeira vez na Austrália em 2012, a "Wool4School" foi então introduzida em Hong Kong em 2015, Inglaterra em 2017 e Itália em 2018 e, até à data, conta com mais de 100.000 estudantes inscritos a nível mundial. A nova edição da "Wool4school Italy" recomeçará no outono de 2020.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.