Twintex encara experiência no feito por medida para senhora

Produzir industrialmente vestuário de senhora made to measure é um dos projetos que a Twintex tem em cima da mesa, para responder à procura crescente de produto personalizado e feito por medida.



“No segmento Homem a procura está já bem servida. Gostávamos muito de ter uma experiência no made to measure para Senhora. É uma das muitas ideias que temos em cima da mesa”, confessa Bruno Mineiro, 47 anos, administrador da Twintex e o mais velho dos dois filhos de António Mineiro, 74 anos, que há 40 anos exatos fundou no Fundão esta empresa de confeções.   

O segmento Senhora pesa 60% no total da produção diária de 3 600 peças (1 200 casacos, 1200 calças e saias e 1200 vestidos) da Twintex, que emprega diretamente 400 pessoas e trabalha com 19 empresas satélite, em regime de subcontratação.

Com um centro logístico no Fundão, inaugurado esta primavera, e um outro no Porto (nas instalações da Rangel Logística), o grupo fundado por António Mineiro fechou 2018 com um volume de negócios de cerca de 30 milhões de euros, totalmente feito na exportação.

“2019 vai ser um ano muito positivo. Não faz sentido compará-lo com 2018, que foi um ano tão excecionalmente bom que nos inibimos de revelar quanto crescemos. Mas se compararmos com a média dos últimos cinco anos, estou convencido que vamos crescer 8%”, prevê Bruno Mineiro, licenciado em Gestão Internacional pelo IESF-Porto, onde também fez um MBA em Marketing.

Alemanha, em volume, e Estados Unidos, em valor, são os principais mercados de exportação da Twintex, uma lista onde constam a Itália, França, Reino Unido, Holanda, Dinamarca, Suécia e Canadá – e a Espanha prima pela ausência.

“Temos muitos amigos em Espanha, que já foi o nosso melhor mercado mas neste momento vive um período de alguma acalmia. Mas o potencial de negócios no pais vizinho é enorme e a oportunidade de crescer aparecerá”, explica Bruno, responsável pela Expansão de Negócios e direção da Gestão de Clientes na administração da Twintex.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.

Moda - Pronto-a-vestirArte na mesaIndústria
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER