×
Por
EFE
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
11 de out. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Uffizi: principal museu de arte de Itália processa Jean Paul Gaultier por usar a Vénus de Botticelli

Por
EFE
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
11 de out. de 2022

A Gallerie degli Uffizi, o principal museu de arte de Itália, localizado em Florença, anunciou na segunda-feira (10 de outubro) que está a processar a marca de moda francesa Jean Paul Gaultier por usar a imagem da obra "O Nascimento de Vénus", do pintor renascentista italiano Botticelli,  nos seus designs.


O designer francês, Jean-Paul Gaultier - © PixelFormula


"A conhecida marca de moda usou a imagem da eterna obra-prima que se encontra no museu, para criar algumas peças de vestuário, publicando-as também nas suas redes sociais e site sem pedir autorização, sem concordar com as modalidades de utilização e sem pagar os direitos, conforme expressamente exigido por lei", declarou o museu italiano em comunicado.

"O Nascimento de Vénus" (1485), de Sandro Botticelli, é considerada uma obra-prima do Renascimento florentino e um dos maiores tesouros do Uffizi.

O museu lembrou que "de acordo com o Código do Património Cultural italiano, a utilização de imagens de bens públicos italianos está obrigatoriamente sujeita a autorização específica e ao pagamento de uma taxa".

Perante este comportamento ilícito, o departamento jurídico do Uffizi "agiu imediatamente, enviando à empresa de moda uma carta ordenando a retirada das peças de vestuário com a imagem da Vénus do mercado ou entrar em contacto com o museu assim que possível para firmar o acordo comercial necessário.

O Uffizi explicou que, como até o momento ainda não recebeu uma resposta da Jean Paul Gaultier e, portanto, "foram tomadas medidas legais que incluem não apenas o pedido de remoção das roupas mas também um pedido de indenização a favor do museu".

Para apoiar a denúncia, a direção do museu florentino incluiu uma série de imagens do Instagram da marca Jean Paul Gaultier onde se observam diferentes peças de vestuário: calças, vestidos e T-shirts com a imagem de "O Nascimento de Vénus", bem como da obra "A Criação" de Michelangelo, parte de uma coleção definida pela marca como "A grande inauguração dos museus".

Adnkronos/Gallerie Uffizi

Itália tem uma lei de 1993, atualizada em 2004 e 2014 no Código do Património Cultural italiano, que permite o uso gratuito da imagem de pinturas se feito de forma privada ou para fins científicos, educativos ou informativos. No entanto, o seu uso para fins comerciais deve ser analisado e pago.
 

© EFE 2023. Está expressamente proibida a redistribuição e a retransmissão do todo ou parte dos conteúdos dos serviços Efe, sem prévio e expresso consentimento da Agência EFE S.A.