Under Armour reduz estimativas de receita na América do Norte

A marca americana de artigos desportivos Under Armour informou na terça-feira (30) que reduziu as suas projeções de receita para o ano todo na América do Norte, o seu maior mercado, diante da forte concorrência de grandes rivais como Nike e Adidas. Após o anúncio, as suas ações caíram 10%.


Under Armour

A empresa disse que espera agora uma leve queda na receita americana para o ano fiscal de 2019, mas  manteve a sua previsão global. A Under Armour tem vindo a reestruturar as suas operações para reduzir despesas, stocks e promoções, enquanto luta para manter a sua participação de mercado nos Estados Unidos. As vendas na América do Norte caíram 3% para 816 milhões de dólares no segundo trimestre.
 
O prejuízo líquido da empresa foi reduzido para 17,3 milhões ou 4 cêntimos por ação no trimestre encerrado a 30 de junho, contra 95,5 milhões ou 21 cêntimos por ação no ano anterior. Excluindo certos itens, a Under Armour registou uma perda de 3 cêntimos por ação, enquanto os analistas esperavam uma perda de 5 cêntimos.
 
A receita líquida aumentou de 1,17 mil milhões para 1,19 mil milhões de dólares, em linha com as expectativas dos analistas. As ações ordinárias Classe A da empresa sediada em Baltimore aumentaram 55% até ao momento este ano.

Traduzido por Novello Dariella

© Thomson Reuters 2019 Todos os direitos reservados.

Moda - CalçadosDesportoNegócios
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER