×
362
Fashion Jobs
MINGA LONDON
Ecommerce Manager
Efetivo - CLT · GUIMARÃES
MINGA LONDON
Head of Creative Content / Art Director
Efetivo - CLT · GUIMARÃES
SALSA
IT Retail Systems Specialist – Oportunidade de Suporte e Participação em Projetos de IT
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
GIANNI KAVANAGH
Marketing Director
Efetivo - CLT · BRAGA
SALSA
IT Development Specialist – Oportunidade de Fazer a Diferença no Dia a Dia do Utilizador Final
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Faro
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo - CLT · Alicante
TAPESTRY
Sales Associate ii - ce pt Vila do Conde (20-39 Hours)
Efetivo - CLT · Vila do Conde
SALSA
Estágio Curricular - People & Talent
Estágio · Vila Nova de Famalicão
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Estação Viana - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Viana do Castelo
THE KOOPLES
Store Manager
Efetivo - CLT · LISBOA
HUGO BOSS
Sales Associate Hugo Boss Factory Outlet Almancil (f/m)
Efetivo - CLT · Quarteira
HUGO BOSS
Sales Associate Hugo Boss Factory Outlet Almancil (f/m) 1
Efetivo - CLT · Porto
HUGO BOSS
Sales Associate Hugo Boss Factory Outlet Vila do Conde (f/m)
Efetivo - CLT · Porto
HUGO BOSS
Assistant Store Manager Hugo Boss Factory Outlet Vila do Conte (f/m)
Efetivo - CLT · Porto
HUGO BOSS
Assistant Store Manager Hugo Boss Factory Outlet Vila do Conte (f/m)
Efetivo - CLT · Porto
HUGO BOSS
Ales Associate Hugo Boss Factory Outlet Almancil (f/m)
Efetivo - CLT · Quarteira
HUGO BOSS
Sales Associate Boss Store Quinta do Lango (f/m)
Efetivo - CLT · Almancil
HUGO BOSS
Sales Associate Boss Store Quinta do Lago (f/m)
Efetivo - CLT · Almancil
Por
Reuters API
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
22 de nov de 2019
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Unilever, Henkel e fundos fazem oferta para adquirir marcas de beleza da Coty

Por
Reuters API
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
22 de nov de 2019

Segundo informações de fontes sigilosas à Reuters, as gigantes de bens de consumo Unilever e Henkel e vários fundos de investimento estariam em conversações com a fabricante de cosméticos americana Coty para apresentar ofertas para adquirir algumas das suas marcas de beleza mais populares.


- Coty


A Coty, que tem um valor de mercado de 9 mil milhões de dólares e pertence ao conglomerado alemão JAB Holdings, deve iniciar um processo de leilão em dezembro para encontrar um novo proprietário para o seu portefólio de marcas profissionais de cuidados com o cabelo e unhas, disseram as fontes. O portefólio, que inclui marcas como Wella, Clairol, GHD e OPI, entre outras, é avaliado em 7 mil milhões de dólares teria despertado o interesse tanto de players do setor quanto de investidores financeiros.

A Colgate-Palmolive Co. está entre uma série de empresas que estarão à procura de ofertas adicionais para ampliar as suas divisões de tratamento para a pele, disseram as fontes. A norte-americana Colgate que comprou recentemente a unidade francesa de tratamento para pele Laboratoires Filorga Cosmétiques por 1,6 mil milhões de dólares, e deve entrar na disputa pelas marcas da Coty, competindo com as rivais Unilever e Henkel, assim como outros grandes fundos de investimento. A lista de patrocinadores financeiros incluiria Advent, Blackstone, KKR, CVC Capital Partners e BC Partners, informaram as fontes.

Uma das fontes argumentou que a Cinven estaria a examinar uma possível oferta conjunta pelas marcas. Coty, Henkel, Colgate-Palmolive, Cinven, Advent, CVC e BC Partners não quiseram comentar o assunto, enquanto a Unilever, Blackstone e KKR ainda não estavam disponíveis para se pronunciarem.

Tudo pronto para o leilão

A Coty espera concluir a venda, que foi anunciada no mês passado, em meados de 2020 e contratou o Crédit Suisse para lidar com as negociações com os possíveis concorrentes. Espera-se que pacotes de informações confidenciais sejam enviados em dezembro para receber ofertas não vinculativas no início do próximo ano.

Os bancos que estão a aconselhar os potenciais compradores estimam que o portefólio pode atingir de 10 a 12 vezes o seu lucro de aproximadamente 600 milhões de dólares, gerando uma valorização de 6 a 7 mil milhões de dólares, segundo as fontes.

A unidade de beleza profissional da Coty, que vende principalmente produtos profissionais para cabelos e unhas, responde por aproximadamente 21% da sua receita total, com vendas anuais de aproximadamente 1,810 mil milhões de dólares. No entanto, a unidade registou queda nas vendas nos últimos quatro trimestres, o que fez com que a Coty decidisse reduzir a sua presença no segmento profissional.

Um amplo portefólio difícil de gerir

A Coty também possui outras marcas de cosméticos, como Rimmel e Max Factor, bem como as marcas de cuidados com a pele Lancaster e Philosophy, mas luta há anos para integrar uma ampla gama de produtos. A aquisição de uma parte do negócio de beleza da Procter & Gamble em 2016, que incluía Covergirl e Max Factor, provocou uma depreciação de milhares de milhões de dólares e um plano de reestruturação de quatro anos. A sua dívida era de 7,7 mil milhões de dólares no final de junho.

Pierre Laubies, CEO da Coty, disse em outubro que a venda melhoraria a capacidade da empresa de investir em áreas com potencial de crescimento significativo, mas acrescentou que o dinheiro arrecadado seria usado para saldar a dívida e devolver o excesso aos acionistas.

© Thomson Reuters 2021 All rights reserved.