×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
3 de mar. de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Valentino apresenta romantismo sombrio e muda de rumo

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
3 de mar. de 2020

Semana da Moda de Paris - Quando algumas pessoas começaram a achar a obsessão recente de Pierpaolo Piccioli por volumes um pouco previsível e cansativa, o designer surpreendeu com uma coleção mágica com um romantismo sombrio, marcando uma sutil mudança de rumo na Valentino.


Valentino - Outono-Inverno 2020 - Prêt-à-porter - Paris - © PixelFormula


A primeira fila do desfile da Valentino foi possivelmente a mais glamourosa do dia, com dezenas de clientes elegantes vestidas com roupas floridas em tons ácidos, ultra-glam. A elegância feminina em seu melhor. O desfile, por outro lado, foi uma mistura de estilo punk sofisticado com a grandeza de uma estrela de cinema.

“Sem categorias. Não me refiro à transgressão de gêneros, mas indivíduos independentes e que usam o que querem. No meu look de abertura, apresentei um casaco masculino muito parecido como o com o que abriu o desfile de moda masculina, mas desta vez usado por uma mulher”, explicou Piccioli nos bastidores do espaço feito sob medida por Valentino, a oeste do túmulo de Napoleão.

A trilha sonora marcou o clima, com um quinteto de cordas tocando músicas de filmes e Billie Eilish com um remix emocional de "All The Good Girls Go To Hell".

Em uma casa onde a cor característica é o vermelho pecaminoso, as primeiras 20 propostas foram quase todas em preto. Novamente, como na mais recente coleção de roupas masculinas da marca, os casacos de seda e as elegantes capas de couro foram finalizados com imagens de flores e caules, todos em tons inesperados, de prata pálida à vermelho desbotados.

Tudo, exceto alguns vestidos de tapete vermelho, foi combinado com botas: militares tipo da OTAN, de rock, ou tipo Chelsea com sola de plataforma. Até casacos vermelhos de cashmere e vestidos vermelhos plissados ​​dignos de uma anfitriã da alta sociedade foram combinados com botas de couro britânicas. Um estilo punk elegante que não tem nada de retrô; totalmente novo.


Valentino - Outono-Inverno 2020 - Prêt-à-porter - Paris - © PixelFormula


Além disso, Piccioli apresentou uma grande bolsa nova, com tachas, muitas pétalas e acabamento com laços. Batizada com o nome Atelier Valentino Garavani, certamente será um enorme sucesso.

Tudo isso levou a um fim majestoso: vários vestidos de seda e chiffon dignos da própria Afrodite, que provocaram muitos aplausos quando o designer saiu para saudar o público.
 
Uma mudança de direção na estratégia estilística e um sopro de ar fresco em meio à um dia sombrio em Paris.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.