×
357
Fashion Jobs
MINGA LONDON
Ecommerce Manager
Efetivo - CLT · GUIMARÃES
MINGA LONDON
Head of Creative Content / Art Director
Efetivo - CLT · GUIMARÃES
SALSA
IT Retail Systems Specialist – Oportunidade de Suporte e Participação em Projetos de IT
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
GIANNI KAVANAGH
Marketing Director
Efetivo - CLT · BRAGA
SALSA
IT Development Specialist – Oportunidade de Fazer a Diferença no Dia a Dia do Utilizador Final
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Faro
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo - CLT · Alicante
SHON MOTT
Sales Assistant
Efetivo - CLT · LISBOA
EL CORTE INGLÉS, GRANDES ARMAZÉNS SA
Vendedores de Moda
Efetivo - CLT · LISBOA
RE/MAX COLLECTION, MAXGROUP
Profissional do Setor de Moda (m/f) Com Vertente Comercial
Estágio · LISBOA
BROWNIE
Sales Advisor
Efetivo - CLT · PORTO
BROWNIE
Sales Advisor
Efetivo - CLT · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - 8ª Avenida - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · São João da Madeira
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Parque Atlântico - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Ponta Delgada
CONFIDENCIAL
Engenheiro(a) de Qualidade Têxtil - Vestuário
Efetivo - CLT · PORTO
SANDRO PORTUGAL
Concession Manager - Lisboa el Corte Ingles h/m
Efetivo - CLT · LISBOA
LION OF PORCHES
Técnico(a) de Qualidade
Efetivo - CLT · VILA DO CONDE
RALPH LAUREN
Sales Associate (Vendedor Loja)
Efetivo - CLT · Alcochete
SANDRO PORTUGAL
16 Hours Sales Assistant Lisbon h/m
Trainee · LISBOA
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
10 de abr de 2020
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Valentino cresce em 2019 mas abranda em relação a 2018

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
10 de abr de 2020

Após anos de crescimento de dois dígitos, Valentino começou a ver o seu desenvolvimento a atenuar desde 2017. Uma tendência que se manterá em 2019. Graças ao posicionamento claramente identificável, a casa de luxo romana, que em 2012 arvorará a bandeira do Qatar, através do fundo de investimento Mayhoola, continua a ter um bom desempenho. O ano passado, registou o saldo positivo de 1.223 mil milhões, mais 2,4% do que no ano anterior.


Último desfile de moda da marca italiana, para o inverno 2020/ 2021 - Valentino


Numa breve declaração, o marca italiana, cujas coleções são concebidas pelo director artístico Pierpaolo Piccioli, não pormenoriza o crescimento a taxas de câmbio comparáveis. Não apresenta resultados, nem indicadores de rentabilidade. Em 2018, as suas vendas ascenderam a 1,194 mil milhões de euros, mais 2,9% do que em 2017, quando cresceram +5% para 1,16 mil milhões de euros.
 
O impacto negativo da crise no sector do retalho de luxo em Hong Kong, ligado às manifestações pró-democracia que se prolongaram durante um longo período de tempo, no ano passado, resultou numa perda de 20 milhões de euros para a Valentino, que tem 11 pontos de venda no país", afirma um comunicado, salientando que apesar desta crise significativa, a empresa "registou um crescimento positivo no resto do mundo, com desempenhos estáveis limitados apenas à América do Norte e à Europa".


Valentino - outono-inverno 2020 - Womenswear - Paris - © PixelFormula

 
"Numa economia caracterizada pela incerteza", a Valentino destaca o excelente desempenho das suas vendas online, que saltaram 56%, "confirmando o papel fundamental do canal digital para o desenvolvimento exponencial do negócio".

"No atual contexto socioeconómico, a Valentino está a reforçar cada vez mais a experiência online, colocando-a no centro da sua estratégia", acrescentou a marca.
 
Avivando a memória, em 2017, a marca celebrou uma parceria com o site de vendas online de luxo Yoox Net-A-Porter (YNAP) para a distribuição e entrega dos seus produtos. As duas empresas combinaram os seus recursos de vendas online numa interface multi-canal chamada "Next Era". Uma solução que permite aos clientes acederem, tanto aos stocks das lojas Valentino, como à rede de oito centros de entrega YNAP, beneficiando assim de prazos de entrega mais curtos.


Valentino encerra 2019 com um aumento de 2,4% para 1,22 mil milhões de euros, apesar da crise em Hong Kong

 
A marca, que conta com 212 lojas em todo o mundo, abriu o ano passado uma loja única em Toronto e Pequim, sendo a China um dos principais mercados.
 
Em 2020, Valentino reforçou também a sua gestão, criando os cargos de Brand Director, confiados a Alessio Vannetti (ex-Gucci), e World Sales Director (CCO), recrutando Marco Giacometti (ex-Fendi), que deverá em breve assumir o cargo.
 
Os rumores de uma possível venda da Valentino por Mayhoola foram, novamente, negados o mês passado pelo CEO Stefano Sassi, durante um evento organizado pelo Corriere della Sera.

Também há pouco tempo, a 2 de abril, a Maison Valentino anunciou no site da marca, que Mayhoola apoia Espanha contra a emergência de COVID-19, através da doação de 1 milhão de euros. Projecto que contribuirá para a expansão do hospital de campanha de emergência Hospital COVID-19 IFEMA, construído no Centro de Exposições de Madrid (IFEMA).
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.