×
355
Fashion Jobs
GIANNI KAVANAGH
PR / Influencers Management
Efetivo · BRAGA
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
FARFETCH
Account Manager (Italian Speaker)
Efetivo · PORTO
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services - Compensation (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Lisboa - CDI - Part-Time - 30h - m/h
Efetivo · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Madeira Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Funchal Rua - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Alma Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Coimbra
Por
Portugal Textil
Publicado em
7 de abr. de 2022
Tempo de leitura
4 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Vanilla Sand aposta na moda responsável

Por
Portugal Textil
Publicado em
7 de abr. de 2022

Depois dos adultos, a Vanilla Sand aposta nas crianças com a coleção My First, de fatos de banho ajustáveis e com proteção contra a radiação ultravioleta. A marca sustentável e vegana está também a desenvolver uma coleção de roupa para a prática de ioga e ambiciona ainda chegar às lojas físicas.


©Vanilla Sand


A Vanilla Sand surgiu em 2018 quando a fundadora, Corinna Dickenbrok, de nacionalidade alemã, veio estudar para Portugal. Foi na beleza das praias portuguesas e no desejo de proteger o ambiente que se inspirou para criar a marca de beachwear sustentável e vegana. «Dedicamo-nos a proteger o ambiente e a apoiar os artesãos locais», afirma ao Portugal Têxtil.

Todas as coleções são fabricadas em pequenas quantidades para não gerar desperdício têxtil. A produção é efetuada em Portugal, precisamente em Barcelos, e também no sul do Brasil. «Temos como responsabilidade certificar-nos de que os trabalhadores têm condições dignas para realizar os seus trabalhos», salienta.

A marca de beachwear conta com um público vasto, composto por pessoas que se preocupam com as questões ambientais e sociais e que procuram fazer a diferença no mundo, com atitudes, comportamentos e escolhas alinhadas com a sustentabilidade. «São mulheres e homens que olham para a natureza como uma casa e a respeitam. A praia é um lugar onde se sentem livres e felizes e gostam de estar sempre confortáveis e leves», aponta.

No caso da coleção My First, dedicada aos mais pequenos, Corinna Dickenbrok explica que «são as mulheres que são mães e procuram transmitir aos seus filhos os mesmos valores e o mesmo estilo de vida».

O conforto do tecido e os designs, que são pensados para oferecer opções para qualquer tipo de corpo, são os grandes fatores diferenciadores da Vanilla Sand.  Nas coleções há um conjunto de artigos que combinam entre si, oferecendo uma grande opção de combinações de partes de cima com partes de baixo, podendo as pessoas usar livremente a sua criatividade.

«Relativamente à My First, o tecido é sustentável e apresenta uma proteção contra os raios UV50+. Outra particularidade é que os fatos-de-banho são ajustáveis e podem acompanhar o crescimento da criança, tornando-se numa peça duradoura. O padrão destes fatos-de-banho também existe para as mães que querem fazer match com os filhos», revela a fundadora da Vanilla Sand.


©Vanilla Sand


Forças condutoras

Com uma oferta diversificada que compreende não só biquínis, fatos de banho e roupa de praia, mas também tops, saias, vestidos, macacões e camisolas para os dias mais frios, a marca dispõe ainda de uma coleção de calções de banho para homem. É ainda através do canal online que a Vanilla Sand é vendida para todo o mundo.

«É lançada uma coleção por ano, no início do verão, com o cuidado de nunca ficarmos com stocks», destaca Corinna Dickenbrok.

A marca assume ainda um papel ativo na responsabilidade social e todas as parcerias estabelecidas têm sempre um propósito que ultrapassa os motivos comerciais e de vendas. «Temos como objetivo com as nossas parcerias ajudar outros projetos a crescerem e criar um espírito de entreajuda e comunidade», salienta.

Uma das parcerias de maior sucesso foi com a SOMA, uma organização que está presente em Santana, São Tomé e Príncipe, que se dedica a combater as desigualdades de género na região onde atua, através do surf. «Para surfarem, as raparigas não tinham equipamento próprio e utilizavam camisola e calções, dificultando o seu movimento e, no regresso a casa, iam com as roupas todas molhadas», comenta a empresária alemã.  Para resolver este problema, a Vanilla Sand ofereceu biquínis e fatos de banho.

«Outra parceria que desenvolvemos foi com a One Tree Planted, uma organização sem fins lucrativos que se foca no reflorestamento global. Por cada peça que vendemos comprometemo-nos em plantar uma árvore e ajudar a reflorestar a Amazónia», esclarece Corinna Dickenbrok.

Neste momento, a marca está a estudar a viabilidade de criar uma parceria com uma loja em Portugal para que os clientes possam ter mais proximidade com a marca e a trabalhar no desenvolvimento de uma coleção de roupa para a prática de ioga. «Queremos alargar o nosso público-alvo e dar a oportunidade a quem pratica essa modalidade de o fazer de forma confortável e, ao mesmo tempo, em sintonia com o meio ambiente», assume a fundadora da Vanilla Sand.

Copyright © 2022 Portugal Têxtil. Todos os direitos reservados.