×
Por
Portugal Textil
Publicado em
16 de dez de 2020
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Vans apoia criatividade com impacto positivo

Por
Portugal Textil
Publicado em
16 de dez de 2020

A artista portuguesa Pitanga aceitou o desafio da Vans para criar uma montra sustentável na loja da marca na rua Augusta, em Lisboa, que pretende transmitir uma mensagem de união, amor e compaixão com a consciência da redução de desperdício num ano que foi marcado pela atipicidade.


©Vans


O coração de Lisboa tem agora uma loja com uma montra sustentável criada pela artista Pitanga. Guiada pelos sentidos e inspirada por uma incessante procura de alternativas para exprimir os seus sentimentos, Joana Rodrigues, de nome artístico Pitanga, deu vida ao número 254 da rua Augusta em Lisboa, mais conhecida por Vans Rua Augusta.

Com um trabalho que pretende convidar o público à reflexão e à integração, sugerindo uma perceção de unidade, Pitanga aceitou o desafio lançado pela Vans, inerente a esta quadra natalícia, que disponibilizou uma das suas montras para promover «o que melhor se faz em Portugal ao nível da expressão criativa».

Ao compor a montra de arte, a artista convida o público a mergulhar no seu imaginário de cores «vívidas» e personagens «apaixonantes». «Aceitei este desafio da Vans com bastante entusiasmo por ser uma marca a quem me ligo bastante, principalmente pelos valores que nos passam. A minha proposta criativa assenta na mensagem de união, amor e compaixão, que gostava de espalhar por todas as culturas e espaços”», explica Pitanga.

Ao longo do desafio, a sustentabilidade foi uma das principais preocupações, assim como a redução do desperdício. Por isso mesmo, a artista, que se dedica à pintura mural, à customização de objetos em suportes de grande e pequena escala, à ilustração, ao design e à pintura, usou stock da marca de calçado, vestuário e acessórios desportivos, conferindo-lhe num novo propósito. «Abordo a vertente da sustentabilidade através da utilização de tintas à base de água e menos poluentes, bem como abraçando o conceito de upcycling, reutilizando peças das lojas em fim de vida e transformando-as em peças de arte conceptual, enquadradas num ambiente de cor e magia», revela Pitanga.

Inspirar e promover

O projeto estará até ao final do ano em exposição na loja que, na montra, disponibiliza um QR Code onde as pessoas podem aceder à biografia da artista, que participa regularmente em festivais de street-art, exposições individuais e coletivas e também noutros eventos criativos.

Na montra pode ler-se “Make it Special”, uma vez que, com esta iniciativa, um dos principais objetivos da Vans é apelar à sua comunidade para tornar a época festiva especial, num ano atípico causado pela crise pandémica. «Esta montra sustentável é apenas um exemplo, que pretende funcionar como inspiração aos demais. A união em torno da criatividade, particularmente nesta altura de pandemia global, tem um impacto positivo na saúde mental e no bem-estar individual e coletivo», afirma a Vans em comunicado.

O projeto criativo da marca, que conta com mais de dois mil pontos de venda em todo o mundo, vai replicar-se noutras lojas Vans em vários países europeus para apoiar os artistas locais, já que a marca promove a autoexpressão criativa na cultura jovem através de desportos de ação, arte, música e cultura de rua.

Copyright © 2021 Portugal Têxtil. Todos os direitos reservados.