×
370
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Vans: Michel Bilodeau é o novo vice-presidente e diretor-geral da região EMEA

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
today 31 de jul de 2019
Tempo de leitura
access_time 2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

A VF Corporation anunciou a nomeação de Michel Bilodeau, atual vice-presidente e diretor-geral da VF Outdoor & Sports para o Canadá, como vice-presidente e diretor-geral da Vans EMEA (Europa, Médio Oriente e África), cargo que ocupará a partir de outubro.


Michel Bilodeau, o novo vice-presidente ediretor-geralda Vans EMEA

 
O executivo conhece muito bem a Vans: antes de ingressar na VF Corp, Bilodeau era partner da Sports Odyssee, distribuidora canadiana especializada em sportswear que, até 2010, era a única distribuidora da Vans no Canadá. Além disso, aquando da sua chegada à VF Corp, em maio de 2009, Bilodeau ocupou o cargo de diretor-geral da Vans Canadá.
 
Na sua última posição como líder da divisão Outdoor & Action Sports, o executivo liderou as marcas The North Face, Timberland, Vans, Smartwool e JanSport no mercado canadiano. Bilodeau sucede a Stefano Saccone, que ocupava o cargo desde 2012 e, em maio passado, se mudou para a Woolrich International no papel de CEO.

O objetivo do novo vice-presidente e diretor-geral será continuar a apoiar o crescimento da Vans na região EMEA, onde no primeiro trimestre do ano a marca registou uma progressão de 8%. O crescimento total foi de +20%, impulsionado por um excelente desempenho nas Américas (+ 22%) e na Ásia-Pacífico (+26%).

Na Europa, as vendas beneficiaram, sobretudo, do sucesso inesperado da coleção dedicada a David Bowie. A Vans espera abrir uma flagship store em Londres, em Oxford Street, uma das principais ruas comerciais da capital inglesa, até ao final do ano.


Um dos modelos da Vans dedicados a David Bowie - vans.it

 
Os objetivos da VF Corp para a Vans, atualmente presente em 84 países com uma rede de 2.000 lojas, incluindo lojas próprias, concessões e parcerias, passam por um crescimento de 11% a 13% para este ano e uma faturação de 5 mil milhões de dólares até 2023.

Ao nível do grupo, a VF Corp fechou em março o exercício de 2019 com uma faturação de 13,8 mil milhões de dólares, um aumento de 12%. O primeiro trimestre do atual exercício fiscal gerou vendas de 2,3 mil milhões de dólares, mais 6% do que no mesmo período de 2019.

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.