×
302
Fashion Jobs
DIRETOR(A) INDUSTRIAL
Diretor(a) Industrial
Efetivo · MONACO-VILLE
GIANNI KAVANAGH
PR / Influencers Management
Efetivo · BRAGA
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Coimbra cc Forum Coimbra - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo ·
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Lisboa cc Chiado - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo · LISBOA
PEPE JEANS (RETAIL)
Vendedor / Vendedora - Coimbra
Efetivo · COIMBRA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Madeira Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Funchal Rua - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
Por
AFP
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
20 de abr. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Vendas da L'Oréal aumentam 19% no primeiro trimestre, para mais de 9 mil milhões de euros

Por
AFP
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
20 de abr. de 2022

A gigante francesa da cosmética L'Oréal anunciou na terça-feira um volume de negócios para o primeiro trimestre de 2022 de 9,06 mil milhões de euros, um aumento de 19% em relação ao mesmo período do exercício anterior.


Maybelline


“Num contexto marcado pela invasão da Ucrânia e pelo reforço das medidas sanitárias na China, a L'Oréal realizou um primeiro trimestre muito bom, com um forte crescimento no volume de negócios de +13,5% em dados comparáveis e +19% em publicado”, estima Nicolas Hieronimus, diretor-geral da L'Oréal citado em comunicado.
 
Este desempenho é superior às expectativas dos analistas, de acordo com o consenso estabelecido pela Bloomberg e pela Factset, que apontavam para vendas de 8,77 mil milhões e 8,82 mil milhões de euros, respetivamente.

A divisão L'Oréal Luxe (Lancôme, Yves Saint Laurent, Giorgio Armani, etc.), que em 2021 se tornou a primeira do grupo, cresceu 25,1%, para 3,46 mil milhões de euros em vendas. No final de março, “a divisão atingiu uma quota de mercado histórica no Norte da Ásia” e “está à frente de um mercado dinâmico na América do Norte”, sublinha o grupo.

Os produtos de grande consumo (Garnier, Maybelline, L'Oréal Paris, etc.) atingiram 3,3 mil milhões em vendas (+11,1%) com "um início muito positivo na Europa e nos Estados Unidos, apesar das dificuldades de aprovisionamento". No Norte da Ásia, a divisão é "penalizada pela desaceleração de alguns players de comércio eletrónico na China continental".
 
Os produtos profissionais ultrapassaram os mil milhões de euros em vendas (+22,7%) "com desempenhos notáveis nos Estados Unidos, Alemanha, Índia e China continental".
 
A divisão de Cosmética Ativa (La Roche-Posay, Vichy, etc.) aumentou 22,4% para 1,253 mil milhões de euros em volume de negócios. A divisão "está a crescer mais rapidamente do que o mercado global da dermocosmética e está a ganhar participação de mercado e em cada zona geográfica", segundo a L'Oréal, que sublinha que "todas as áreas estão a crescer a dois dígitos".
 
Segundo Nicolas Hieronimus: “O nosso crescimento é geograficamente equilibrado, com a continuação de uma boa dinâmica na América do Norte, um crescimento de dois dígitos na China continental e uma aceleração nos países emergentes e na Europa, marcada por vários confinamentos no início do ano de 2021.”
 
A zona da Europa cresceu 15,8% e “regressa ao seu nível anterior à Covid”, segundo a L’Oréal, “graças ao forte crescimento dos perfumes e da maquilhagem”. A América do Norte cresceu 21,5% "apesar da persistência de constrangimentos que pesam sobre a cadeia de aprovisionamento".
 
No Norte da Ásia, a L'Oréal alcançou um crescimento de 18%, apesar das dificuldades ligadas ao relançamento da Covid-19.

Nicolas Hieronimus declara: “Com toda a cautela imposta por um contexto volátil e incerto, continuamos otimistas com as perspetivas para o mercado da beleza e confiantes na nossa capacidade de superar o mercado para alcançar, em 2022, mais um ano de crescimento de volume de negócios e resultados.”
 
Em 2021, a L'Oréal alcançou um ano qualificado pelo grupo como "histórico", com um volume de negócios superior 8% superior ao de 2019, antes da pandemia, de 32,287 mil milhões de euros.

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.