×
Por
AFP-Relaxnews
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
14 de jan de 2020
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Versace e Michael Kors doam dinheiro para ajudar no combate aos incêndios na Austrália

Por
AFP-Relaxnews
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
14 de jan de 2020

O grupo de moda de luxo Capri Holdings Limited juntou-se a uma série de marcas de roupa para ajudar no combate aos incêndios florestais na Austrália.



O grupo, proprietário das marcas Versace, Jimmy Choo e Michael Kors, informou que irá doar 100.000 dólares australianos à Cruz Vermelha Australiana, para ajudar a apoiar os esforços de socorro e reconstrução necessários para indivíduos e comunidades devastadas pelos incêndios. "Estamos tristes com a destruição e o sofrimento causados ​​pelos incêndios na Austrália", disse John D. Idol, presidente e CEO da Capri Holdings Limited, em comunicado. "Os nossos pensamentos e esperanças estão com aqueles que trabalham heroicamente para impedir os incêndios e apoiamos todos os envolvidos nos esforços de reconstrução."

Nas últimas semanas, a indústria da moda tem se unido para apoiar a Austrália, na sequência da atual crise de incêndios florestais no país. No início deste mês, o conglomerado de luxo Kering - cujas marcas incluem Gucci, Saint Laurent e Balenciaga - anunciou a doação de 1 milhão de dólares às organizações australianas que estão a ajudar a lutar contra a crise. A PVH Corp, empresa proprietária de marcas como Calvin Klein e Tommy Hilfiger, também anunciou uma doação de 100.000 dólares australianos ao Fundo de Recuperação e Desastres da Cruz Vermelha Australiana, enquanto a marca de ioga Lululemon doou 50.000 dólares australianos. Outras marcas, como Zimmerman e Seafollly Australia, também disseram que vão doar parte do dinheiro arrecadado com as suas vendas à causa.
 

Copyright © 2021 AFP-Relaxnews. All rights reserved.