×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
30 de set. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

VF Corp anuncia estratégia de crescimento de cinco anos e reduz estimativas para 2023

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
30 de set. de 2022

A VF Corp. anunciou na quarta-feira (28 de setembro), uma nova estratégia para acelerar o crescimento da receita a uma taxa de crescimento anual composta (CAGR, ou Compound Annual Growth Rate) de cerca de 8% até 2027, enquanto procura entrar em novas categorias e mercados.


O proprietário da Vans, Supreme, The North Face, Timberland e Dickies disse que a previsão de crescimento estratégico será o resultado do crescimento em todas as marcas, regiões e canais nos próximos cinco anos - Supreme


O grupo proprietário das marcas Vans, Supreme, The North Face, Timberland e Dickies disse que a previsão de crescimento estratégico será o resultado do crescimento em todas as marcas, regiões e canais nos próximos cinco anos.

A VF Corp. detalhou que a sua nova estratégia inclui quatro pilares: entrar em "adjacências" que complementam as suas marcas atuais e aproveitam os espaços de crescimento do consumidor; a gestão de marcas em diferentes etapas de crescimento, bem como através de fusões e aquisições e desenvolvimento de negócios; e a conexão direta com os consumidores e um funcionamento mais eficiente, usando dados de consumidores e de análises, além cadeias de abastecimento centradas no consumidor para obter uma experiência de consumo digital, que também responda aos compradores internacionais.

E, por fim, para iniciar a sua nova estratégia, a VF disse que alocará capital e mobilizará funcionários para impulsionar seu crescimento.

"O nosso novo plano de crescimento de cinco anos mostra como vamos aproveitar os pontos fortes e o modelo diferenciado da VF para oferecer um retorno superior aos acionistas a longo prazo", disse o presidente e CEO Steve Rendle. "O ambiente económico global mudou drasticamente desde o nosso último Dia do Investidor, realizado no final de 2019. Apesar da turbulência dos últimos três anos, a VF superou com sucesso a tempestade para se tornar uma empresa mais ágil e focada que está a avançar com uma visão clara para se tornar o portfólio mais dinâmico do mundo de marcas de estilo de vida icónicas e muito amadas", acrescentou Rendle.

Por marca, a VF espera que a The North Face e Supreme registem um crescimento de receita CAGR entre 9% e 12%, respetivamente, até 2027, enquanto a receita das marcas Vans e Timberland deve crescer cerca de 5%. Também espera que a CAGR da receita da marca Dickies cresça cerca de 8%, e que as marcas emergentes da empresa cresçam de 15% a 18% nos próximos cinco anos.

Coincidindo com o plano de crescimento de cinco anos, a VF Corp anunciou também que reduziu a sua estimativa para todo o ano de 2023, depois de experimentar um segundo trimestre dececionante, o que a empresa atribuiu no contexto atual, aos resultados do regresso às aulas mais fracos do que o esperado na Vans e ao aumento de stock, o que levou a um ambiente mais promocional na América do Norte para o outono.

Olhando para o futuro, a empresa espera que a receita total da VF cresça de 5% a 6%, em comparação com uma previsão anterior de pelo menos 7%. "Embora a incerteza económica continue, estamos a abordar ativamente os desafios do nosso negócio e estamos confiantes da nossa capacidade para gerar um crescimento consistente e sustentável no nosso portfólio de marcas a longo prazo", concluiu Rendle.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.