Victoria Beckham: do Tate Britain a Piccadilly Circus e mesmo ao YouTube

"Do meu ponto de vista, a mulher da minha coleção é muito travessa”, brincou Victoria Beckham, depois de apresentar a sua mais recente coleção, elegante e muito sexy, e com referência aos anos 70. O desfile foi organizado no Tate Britain, numa manhã de domingo ensolarada na Semana da Moda de Londres. Um evento que os fãs e o público em geral poderão assistir nos próximos meses, já que o desfile e a sua preparação farão parte da estreia da nova temporada do canal de Victoria no YouTube.


Ver o desfile
Victoria Beckham - outono-inverno 2019 - Moda Feminina - Londres - © PixelFormula

"Não há uma referência direta a um filme, mas muitos filmes diferentes inspiraram esta coleção. Adorei tudo e queria usar absolutamente tudo", acrescentou Beckham, enquanto um cinegrafista do YouTube filmava a cena.
 
Isso deve contribuir para uma temporada de abertura forte, já que esta foi uma das melhores coleções de Beckham. A estilista trabalhou a sua silhueta favorita, a longa, mas inovou com uma linha muito mais consciente do corpo. Inteligentemente adicionando midriffs em tecidos de malha contrastantes para um perfil mais felino, visto em vários vestidos de grande contraste numa paleta composta por lilás, rosa Ghirlandaio e verde azulado Duncan Grant.
 
O seu final consistiu em três vestidos pretos, embora longos e não muito curtos. Os três foram bons exemplos de uma das roupas mais importantes no guarda-roupa de muitas mulheres, todos muito sugestivos. "Embora goste que as coisas pareçam simples, para criar um destes vestidos com cordões, apenas na parte da frente foram necessárias 22 horas e 27 mil pontos. Temos realmente uma grande equipa em Londres", disse a designer com orgulho.


Ver o desfile
Victoria Beckham - outono-inverno 2019 - Moda Feminina - Londres - © PixelFormula

Victoria Beckham foi cercada por uma dúzia de críticos nos bastidores. De repente, o seu marido David passou com o filho Brooklyn e a sua amiga Hana Cross, todos com cuidado para não interromperem a entrevista com o grupo de críticos. "Olá, querida!", disse o ex-jogador de futebol. "Obrigado, querido!”, disse sorrindo a sua esposa, voltando-se para sorrir, com as câmaras do YouTube ao seu redor. 

Ali perto estava Derek Blasberg que, em junho do ano passado, se tornou diretor de parcerias de conteúdo de moda e beleza do YouTube, com um enorme sorriso no rosto. Ele e os Beckhams celebraram o canal de Victoria à noite. A criadora planeia fazer a estreia na próxima semana. Os episódios iniciais vão cobrir a sua última turnée em Nova Iorque em janeiro, onde apareceu no Good Morning America e mostrou o seu lado desportivo com a sua colaboração com a Reebok. Os episódios seguintes vão cobrir o design, desenvolvimento, elenco e realização deste desfile, e outros vão concentrar-se em como a designer do Reino Unido desenvolve o seu negócio de beleza.

Na semana passada, Victoria Beckham anunciou que encerrou a sua colaboração de beleza, duas coleções-cápsula com a Estee Lauder, e que vai lançar a sua própria linha beleza sob a sua administração em setembro.

No entanto, esta manhã em Londres, o cerne da questão foi a alfaiataria inteligente, desde os divinos casacos até ao tornozelo, com destaque para uma versão dupla-face com o seu nome em negrito. Os impressionantes estampados de corrente de Victoria e os looks atrevidos estilo anos 70, incluindo um grande top de malha combinado com uma grande camisa de seda de colarinho pontiagudo, como a que a estilista usou para saudar o público no final do desfile, também impressionaram.
 
Era possível notar a influência da nova gestão na marca. O final, em geral, foi mais claro e bem preparado do que em seus dias de Nova Iorque. E aumentou a aposta no digital: o desfile também foi projetado em grandes ecrãs em Piccadilly Circus.


Ver o desfile
Victoria Beckham - outono-inverno 2019 - Moda Feminina - Londres - © PixelFormula
 
Beckham também aumentou a qualidade das suas modelos - com a supermodelo Rianne van Rompaey muito sexy num vestido vermelho malicioso - e a duração do seu espetáculo. No total, foram apresentados 41 looks no desfile.
 
Dito isto, embora seja uma coleção elegante e altamente vendável, o espetáculo não chegou a decolar. Talvez devido à banda sonora de piano, a passarela muito longa, ou a exibição linear dos looks, mas o evento nunca chegou ao clímax. Parecia que faltava um trio de looks puramente editoriais. Talvez não seja a maior crítica, mas se um designer deixa Nova Iorque depois de uma década a apresentar-se por lá, como Beckham, e regressa a Londres, a capital mundial do teatro, é melhor ter algo dramático no seu desfile.
 
Talvez seja apenas uma pequena objeção, numa manhã em que foi possível sentir a nova energia da marca de moda. Em suma, desde que Victoria Beckham assinou o seu contrato com a firma de private equity Neo Investment Partners, há 15 meses, e instalou uma nova gestão, a sua marca recuperou o ímpeto rapidamente.

Traduzido por Novello Dariella

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.

Luxo - Pronto-a-vestirLuxo - DiversosDesfiles
SUBSCREVA A NOSSA NEWSLETTER