×
305
Fashion Jobs
GIANNI KAVANAGH
PR / Influencers Management
Efetivo · BRAGA
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Lisboa - CDI - Part-Time - 30h - m/h
Efetivo · LISBOA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Madeira Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Funchal Rua - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Alma Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Coimbra
CLAUDIE PIERLOT PORTUGAL
Vendedor(a) - CDD 15h - 6 Meces - Porto Norte H/F
Temporario · SENHORA DA HORA
TOMMY HILFIGER (RETAIL)
Vendedor/a - 30h - Chiado
Temporario · LISBOA
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
19 de nov. de 2021
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Victoria's Secret anuncia melhoria nas vendas, mas enfrenta problemas de aprovisionamento

Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
19 de nov. de 2021

A empresa de roupa interior Victoria's Secret & Co. anunciou um aumento de 7% nas vendas no terceiro trimestre, mas indicou que 45% do stock de outono se atrasou devido aos problemas na cadeia de aprovisionamento que afetam a indústria da moda a nível mundial.


As vendas da Victoria's Secret aumentaram 7% em termos homólogos no terceiro trimestre - Instagram: @victoriassecret

 
A empresa com sede em Reynoldsburg, Ohio, que se separou da L Brands no início deste ano, alcançou vendas líquidas de 1,44 mil milhões de dólares no segundo trimestre, encerrado a 30 de outubro de 2021, os primeiros resultados financeiros que a Victoria's Secret publica desde que se separou da sua empresa matriz. Um resultado que pode ser comparado com os 1,35 mil milhões de dólares obtidos no mesmo período do ano anterior.
 
O lucro líquido trimestral da empresa foi de 75,2 milhões de dólares, ou 0,81 dólares por ação diluída, abaixo dos 143,4 milhões de dólares, ou 1,62 dólares por ação, do mesmo período do ano anterior, mas excede as previsões financeiras da retalhista para o trimestre. A Victoria's Secret havia anunciado que esperava obter um lucro diluído por ação entre 0,60 e 0,70 dólares.

Martin Waters, CEO da Victoria's Secret, disse em comunicado: "Estou muito satisfeito com os bons resultados do terceiro trimestre, que refletem o crescimento em todas as categorias principais. O nosso trabalho para transformar a marca, aprofundar o nosso relacionamento com os clientes e melhorar os nossos fundamentos operacionais está a ganhar terreno e a avançar positivamente

No entanto, na convocatória de resultados da Victoria's Secret, Waters não quis subestimar o impacto potencial que os problemas da cadeia de aprovisionamento que a empresa enfrenta poderiam ter. Cerca de metade dos pedidos de outono da empresa foram adiados, e o diretor explicou que a situação é "obviamente má para o negócio". Walter mencionou nomeadamente o problema de 25% dos seus pijamas estarem atualmente a sofrer atrasos, numa época do ano em que são muito populares como presentes.
 
A retalhista tomou medidas para atenuar os efeitos negativos destes atrasos, cancelando alguns pedidos e tentando evitar problemas de envio recorrendo ao transporte aéreo, que Waters diz que será utilizado para importar cerca de 90% do stock de Natal da Victoria's Secret.
 
Não obstante, a empresa estima que os problemas de transporte custarão um total de 150 milhões de dólares no terceiro e quarto trimestres.
 
Atualmente, a Victoria's Secret espera que as vendas do quarto trimestre fiquem entre estáveis e aumentem 3% em comparação com o quarto trimestre de 2020, quando a empresa alcançou vendas de 2,1 mil milhões de dólares. Espera-se que os ganhos trimestrais diluídos por ação se situem na faixa de entre 2,35 a 2,65 dólares.

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.