×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
22 de jul. de 2021
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Victoria's Secret revela planos após separação da L Brands

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
22 de jul. de 2021

A Victoria’s Secret será em breve independente do grupo L Brands. Localizada em Columbus (Ohio, EUA), a empresa-mãe realizou uma reunião com investidores, na segunda-feira (19 de julho), para revelar os planos futuros da marca de lingerie, que se expandirá a novas categorias de produtos e visa acelerar o seu desenvolvimento a nível internacional. Novos conceitos de loja e projetos digitais estão também em preparação.


Victoria's Secret reformula a sua gama de produtos e imagem para atender às novas expectativas dos consumidores de lingerie - Instagram: @victoriassecret

 
O negócio da Victoria's Secret também inclui a marca Pink de lifestyle. A marca será separada da outra principal da L Brands, Bath & Body Works. Esta mudança entrará em vigor em agosto e resultará na criação de uma empresa separada, sob o nome de Victoria's Secret & Co. À medida que essa data se aproxima, a retalhista de lingerie está a rever a sua imagem e linha de produtos, bem como a estratégia global, para realinhar o negócio com os novos valores da indústria de lingerie.

Estes novos projetos já arrancaram com o relançamento da linha de moda de praia da Victoria’s Secret no início do ano. Novas categorias, como soutiens para lactantes, também estão a ser exploradas. Estas decisões refletem o esforço da marca em reconquistar a confiança do consumidor através de um novo posicionamento, afastando-se da sua imagem ultra-sexy anterior para melhor corresponder às novas expectativas dos clientes, cada vez mais interessados ​​em conforto e inclusão.

No futuro, uma das principais prioridades da marca será continuar a "desenvolver a sua mercadoria e marketing" para "inspirar mulheres em todo o mundo com produtos e experiências que lhes tragam poder".
 
A Victoria’s Secret, que atualmente possui 520 lojas espalhadas a mais de 70 países, também se concentrará no desenvolvimento dos seus negócios internacionais. Serão lançadas mais plataformas digitais locais, com a tradução dos conteúdos em vários idiomas, mas também com a adaptação às preferências e gostos locais. A retalhista norte-americana vai ainda trabalhar a sua presença regional e quer aumentar o número de lojas no exterior.

Segundo a Victoria's Secret, este objetivo será apoiado pelo redesenho das suas lojas, melhor controlo dos custos e maior flexibilidade dos formatos das respetivas lojas. Na verdade, a estratégia inovadora de retalho físico da empresa inclui tanto o investimento quanto a racionalização da rede existente, bem como o lançamento do novo conceito de "loja do futuro", que começará a ser testado ainda este ano.

As mudanças nas lojas existentes e o novo conceito de loja se encaixarão na estratégia omnichannel da Victoria’s Secret, com a expansão de serviços como o click & collect, entre outros. A "loja do futuro" contará com um melhor atendimento ao cliente, modelos de equipa refinados, pedidos e devoluções integrados na loja online, bem como as duas marcas, com o objetivo de melhorar a experiência do cliente e, ao mesmo tempo, reduzir significativamente as despesas de investimento de capital. Além disso, essas novas lojas farão experiências com localizações fora de shopping centers.

Para complementar esta estratégia física e criar uma experiência omnichannel sem falhas, a Victoria's Secret está também a planear aumentar a sua presença online. Isto implicará adotar uma abordagem personalizada e centrada no cliente para melhorar continuamente a experiência de compras online, na esperança de resultar numa maior taxa de conversão e num tamanho médio das encomendas online.

Com essas iniciativas, a empresa espera atingir uma penetração digital de 50% num intervalo de três a cinco anos. No mesmo período, a retalhista pretende atingir um aumento total de vendas de meio dígito e um aumento de um dígito na receita operacional.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.