×
297
Fashion Jobs
ADIDAS
Procurement Manager (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Sap sd (Afs & s4/Hana) (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Scm Products - Product Supply Primary Data (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Supply Chain Management Products - Tms Integration (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Planning Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Project Manager Supply Chain (M/F/D)
Efetivo · Porto
SALSA
Marketplaces Account Manager - Oportunidade de Contrubuir Para a Internacionalização da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Gbs HR Services - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Apo/Ibp (Snp) Consultant (F/M/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Hcm/sf Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Consultant - Sac/bw-ip/Fico (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Consultant - Sac/bw-ip/Fico (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Controlling & Reporting - Brand Operating Overheads (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Controlling & Reporting - Group Functions Controlling Legal (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Controlling & Reporting - Marketing Working Budget (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
FOREO
Marketing Manager - Portugal
Efetivo · Lisbon
SALSA
Web Designer - Oportunidade de Criar o Que Ainda Não se Fez
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
AMERICAN VINTAGE
Store Manager (M/W) New Opening
Efetivo · FARO
AMERICAN VINTAGE
Store Manager (M/W) New Opening
Efetivo · FARO
Por
AFP
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
30 de mar. de 2022
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Watches and Wonders: feira de relógios regressa a Genebra sob a sombra da guerra da Ucrânia

Por
AFP
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
30 de mar. de 2022

A Watches and Wonders – a maior feira de relógios de luxo da Suíça – irá ressurgir esta semana em Genebra, após dois anos de shows virtuais induzidos pela pandemia, mas o conflito violento da Ucrânia e os bloqueios de COVID-19 na China poderão atenuar o estado de espírito.


Show de relógios em Genebra regressa sob a sombra da guerra da Ucrânia - Foto: Patek Philippe - DR


A feira da indústria internacional de relógios e joias, Watches and Wonders, a decorrer de quarta-feira (30 de março) até 5 de abril, verá este ano 38 das maiores marcas de relógios topo de gama, incluindo a Rolex, Patek Philippe, Cartier e Tag Heuer, reunidas debaixo do mesmo teto.
 
"Estamos extremamente felizes por termos conseguido organizar este grande evento de relojoaria fina num contexto humano difícil e também de saúde", disse Emmanuel Perrin, diretor da Fondation de la Haute Horlogerie (FHH), numa declaração.

"Após dois anos de edições pandémicas e 100% digitais, foi importante poder reunir novamente os principais atores da nossa indústria".
 
As feiras de relojoaria de alta qualidade são há muito tempo um acontecimento na Suíça, onde quase 57.500 pessoas trabalham na indústria relojoeira de renome mundial do país.
 
Muitos retalhistas fazem uma viagem anual à Suíça durante a época da feira para fazer encomendas para o ano.
 
Mas na era digital, esta feira tornou-se também um precioso instrumento de comunicação para chegar aos fãs de relógios, com vídeos e apresentações do evento disponíveis online.
 

Regresso triunfante


 
A edição de 2022, que se realizou no centro de conferências Palexpo de Genebra, esperava assinalar o regresso triunfante do hobnobbing presencial sobre relógios requintados, e um negócio florescente para os seus criadores.
 
Após ter levado um abanão durante o primeiro ano pandémico em 2020, quando as exportações caíram 21,8%, a indústria relojoeira suíça assistiu a uma recuperação fantástica no ano passado.
 
As exportações de relógios dispararam 31,2% em 2021, de acordo com os costumes suíços, ultrapassando não só o seu nível pré-pandémico, mas também o recorde de 2014.
 
E durante os dois primeiros meses deste ano, as exportações aumentaram quase 15,7% em comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com a Federação da Indústria Relojoeira Suíça.
 
Mas o conflito devastador na Ucrânia pôs um travão no clima de júbilo.
 
À primeira vista, a invasão ilegal (e brutal) da Rússia não deverá ter grande impacto na indústria.
 
A Rússia representou apenas 1,1% das exportações de relógios suíços no ano passado, e várias marcas pararam as suas exportações para o país mesmo antes de os produtos de luxo terem sido incluídos nas sanções europeias impostas durante a guerra.
 

Em boa forma


 
No entanto, o sector está fortemente dependente do turismo e da confiança dos consumidores, ambos deram agora um novo golpe após dois anos de caos com a pandemia de COVID-19.
 
E a Rússia é também um importante fornecedor de diamantes, ouro e outros metais preciosos utilizados pelos relojoeiros de alta qualidade.
 
Os contínuos lockdowns em grande escala na China (um dos maiores mercados para os relógios suíços) também lançaram uma sombra sobre a indústria e sobre o show desta semana.
 
Alguns analistas já baixaram as suas previsões para 2022.
 
Jon Cox, um dos principais analistas da indústria com a empresa de serviços financeiros Kepler Cheuvreux, reduziu recentemente as suas previsões para o ano de 8% para 5%, apontando para a queda nas vendas na Rússia e nos russos ricos que viajam para o estrangeiro - mais o impacto do conflito nos clientes europeus como um todo.
 
"Psicologicamente, quando se tem uma guerra à porta é provavelmente menos provável que se saia para comprar bens de luxo", disse.
 
No entanto, insistiu que os relojoeiros suíços ainda tinham muito a comemorar.
 
"Excluindo o que está a acontecer na Ucrânia, a indústria relojoeira está em muito boa forma", concluiu, acrescentando ser "provavelmente a mais forte que tem sido há cerca de uma década".
 

Copyright © AFP. Todos os direitos reservados. A Reedição ou a retransmissão dos conteúdos desta página está expressamente proibida sem a aprovação escrita da AFP.