×
581
Fashion Jobs
LION OF PORCHES
Editor de Imagem (m/f)
Efetivo · PORTO
JD SPORT
Demand Planner (m/f)
Efetivo · Maia
ADIDAS
Manager Gbs Delivery Excellence - Resource Planning (M/F/D) -Porto/Herzo
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Services Specialist Gbs - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist - People Services - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Reporting & Analytics (M/F/D) - Direct to Consumer Ecommerce
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Gbs Business Analysis (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Gbs Delivery Excellence - Resource Planning (M/F/D) -Porto/Herzo 1
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - Mobility (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Gbs HR Services (M/F/D)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Marketplace Business Developer
Efetivo · Alicante
BIJOU BRIGITTE MODISCHE ACCESSOIRES AG
International Expansion Manager Spain/Portugal
Efetivo · LISBOA
TIFFOSI
Comprador Denim (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Consultant (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct-tO-Consumer Ecommerce (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services - German Speaker (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
UK HR Specialist (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Consultant - Sac/bW-Ip/Fico (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Buyer (m/f) - Non-Trade Procurement
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Apo/Ibp (Snp/Supply) Consultant (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Junior Sap Apo/Ibp (Snp) Consultant (m/f)
Efetivo · Porto
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
6 de set. de 2021
Tempo de leitura
6 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Who's Next : um retorno sedutor

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
6 de set. de 2021

Apresentação de peças chave das coleções para a primavera-verão 2022, acessórios de vestuário e até mesmo discussões sobre o número de peças encomendadas. Desde sexta-feira (3 de setembro) e até à noite de segunda-feira (6), o centro de exposições da Porte de Versailles tem vindo a vibrar a um ritmo não visto há mais de ano e meio. A feira Who's Next faz a sua estreia física em Paris para destacar as propostas de cerca de 700 marcas em dois salões, entre as quais oito portuguesas (Concreto / Valérius, Cristina Barros, Indispensable, Lemon Jelly, Lenny Niemeyer, Luís Buchinho, MrMood e My cute pooch / Bolflex). Trata-se do primeiro evento físico a esta escala para a moda, e a sua atmosfera e desempenho foram escrutinados de perto por muitos players do setor e não só. 


Entrada da feira Who's Next - MD pour FNW


De facto, após meses de digitalização, restrições de viagens e mudanças nas práticas comerciais, muitos observadores interrogaram-se sobre a relevância de um regresso às reuniões comerciais físicas. Naturalmente, enquanto reuniu o espaço Impact (dedicado ao fornecimento responsável), Bijhorca (dedicada à joalharia e que se juntou à dobra do organizador WSN Developpement no início do ano) e Traffic (oferecendo soluções de serviços para empresas de moda), bem como Exposed e Riviera (dedicadas à lingerie e roupa de praia), o evento teve de passar sem vários expositores internacionais e lutou para convencer alguns dos principais intervenientes do setor. Apesar de 250 recém-chegados, o número de marcas em exposição foi muito inferior ao das edições anteriores à pandemia de COVID-19.

Mas apesar deste formato reduzido, a mostra foi capaz de gerar um grande interesse. Prova deste interesse, enquanto nos últimos anos o setor já não se encontrava necessariamente no centro das preocupações políticas, Alain Griset, Ministro Delegado para as Empresas Muito Pequenas e PMEs, percorreu os corredores e encontrou-se com os empresários no dia da abertura.

"É um grande prazer poder participar novamente em eventos físicos. Há um ano, já tinha vindo (à feira Première Classe nas Tuileries, nota do editor) e ninguém imaginava que no outono pudéssemos ter tal reunião. Há um ano, eu estava preocupado. Hoje encontramo-nos numa situação em que os empresários estão a falar de projetos e do futuro".

Além disso, durante a conferência introdutória da exposição, Pierre-François Le Louet, presidente da Women's Ready-to-Wear Federation, destacou as marcas presentes durante os quatro dias de exposição: "Gostaria de agradecer às marcas que decidiram expor, para conhecer os seus clientes. É um sinal forte enviado para o mercado", disse.
 

A feira Who's Next atraiu muitos compradores que queriam renovar a sua oferta - FNW


E após três dias de atividade, esta edição do Who's Next evitou certas questões e assinalou a caixa de relevância da sua exploração. O primeiro ponto positivo é que o salão foi capaz de atrair visitantes internacionais. "Infelizmente, os compradores dos principais mercados de exportação estavam ausentes, mas na sexta-feira tivemos visitantes de Espanha, Grécia, Itália e Bélgica", disse Sandrine Amadoux, diretora de Imagem, Marketing e Comunicação da marca Grace e Mila, que esteve presente no salão 6.
 
 "Em termos de visitantes, ficámos agradavelmente surpreendidos por termos um grande número de internacionais. Tivemos entre 18% de visitantes estrangeiros inscritos e na sexta-feira representaram 27% dos participantes no salão", explica Fréderic Maus, diretor-geral da WSN Développement, a organizadora do evento, que salienta que o número de visitantes é 20% inferior ao da última edição em setembro de 2019. "Mas temos menos 30% de expositores. Isto dá mais oportunidades para as marcas presentes estarem em contacto com estes visitantes".
 
Claramente, mesmo que alguns lamentassem que a dimensão da exposição fosse modesta em comparação com os anos anteriores à pandemia, esta relação satisfez as expectativas de muitos expositores.
 

O espaço Impact trouxe uma oferta orientada para coleções responsáveis - FNW


Esta sessão foi uma oportunidade para analisar o mercado e de observar como cada um se adaptou após meses sozinho sem poder viajar", explica Kostas Papadopoulos, diretor da marca grega Access Fashion. "Nesta sessão, os nossos clientes internacionais estão desaparecidos, com quem nos encontrámos no Who's next. Foi por isso que tomámos uma posição mais pequena. Por outro lado, os franceses estão lá e temos tido muitas novas perspetivas. O digital permitiu-nos trabalhar com os clientes que nos conhecem, durante o período que acaba de passar, mas o regresso às feiras comerciais é importante para conhecer e apresentar a nossa qualidade a novos clientes".
 
No entanto, este regresso aos acontecimentos não tem sido isento de desafios. As filas de espera na entrada, ligadas em particular aos controlos dos passes sanitários, mas sobretudo a falta de ar condicionado no Hall 5, onde o Scène da Moda e os acessórios e marcas de beleza estavam a expor, geraram protestos entre os expositores no primeiro dia.

Era difícil para os especialistas em caxemira e roupa exterior experimentarem os seus produtos nas temperaturas abrasadoras. Nos dias seguintes, como o centro de exposições não tinha reparado a instalação, as equipas organizadoras velaram as grandes janelas do salão a fim de baixar as altas temperaturas. Apesar deste contratempo, a maioria dos expositores mostrou-se satisfeita com a assistência, notando uma boa sexta-feira, seguida de um sábado decente apesar de uma manhã calma, e uma boa atividade ao domingo. Especialmente em muitos stands, as assinaturas de novos clientes motivaram as equipas de vendas presentes.

"Contavamo-nos entre marcas e, mesmo que houvesse algumas ausentes, dissemos a nós próprios que tínhamos de estar unidos e participar na mostra, para mostrar que estamos lá!", explicou Olivier Cris, gerente da marca parisiense de caxemira Notshy, que só numa manhã assinou novos clientes multimarcas na região, nomeadamente em Lille, Tours e La Roche sur Yon.
 
Quer no Hall 5 ou Hall 6, o domingo também foi produtivo, com Karma Koma em Cena de Moda ou 1083 e Olly Lingerie on Impact. "Há muita afluência, mesmo que seja menos do que a esperada. Havia muitos mais compradores reais no domingo", disse Ying Wang, diretor-geral da Ekyog.
 
O mesmo se passou com Les Tropéziennes, que conta com um stand no pavilhão 6. "Viemos com poucas expectativas e foi um grande show para nós. Reunimos calçado e pronto-a-vestir num stand onde fizemos um grande esforço em termos de design e visibilidade. E compensou", explica Lionel Gamondes, que coordena a venda por grosso da marca que tem cerca de 1.500 pontos de venda de sapatos em França. Queríamos também apresentar a coleção de pronto-a-vestir que lançámos há quatro estações. E funcionou bem na sexta-feira. O sábado foi tranquilo, mas foi muito bom para nós no domingo, com 16 novos clientes apenas no dia.


Os compradores fizeram encomendas diretas em numerosos stands - FNW


"Estávamos realmente hesitantes em participar, pois não sabíamos se os clientes viriam. Participamos como expositora histórica", explica Sarah Koulla, gerente da marca de pronto-a-vestir feminina Orfeo. "Mas vimos clientes de França inteira e até dos departamentos e territórios ultramarinos franceses. Foi um bom programa, tanto em termos de contactos como de vendas. Mesmo que ainda estejamos longe dos níveis de há três ou quatro anos atrás".
 
"Para nós, esta mostra foi a melhor forma de convencer aqueles que não participaram nesta edição. Alguns não tinham stands e vieram para ver. E muitos deles disseram-nos que não iriam falhar a próxima edição. O que funcionou bem, e valida a nossa visão de 'encenação do show', foi o facto de termos setores mistos em certas áreas. Ter acessórios ao lado de marcas de pronto-a-vestir cujos universos correspondem uns aos outros foi muito relevante. Também vimos o Impact crescer, que foi um projeto coletivo para nós e que encontrou o seu lugar. E depois há o tema do omnichannel. Como consumidores, todos nós temos vindo a experimentar isto há anos. Mas agora está a tornar-se uma realidade no B2B e a nossa plataforma CMPX permitir-nos-á acelerar uma engrenagem. Será oficialmente lançado a 15 de novembro, mas já temos 250 marcas de moda, futebol e desporto que aderiram e estão a começar a integrar os seus catálogos. Isto permite-nos ter o tempo do show e o poder da ferramenta digital depois".

Tantos elementos que ainda estão por descobrir até à noite de segunda-feira, para validar definitivamente os pormenores positivos destas reuniões em torno de um grande evento frente a frente.
 

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.