×
Por
Jornal T
Publicado em
18 de out. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Wonder Raw 6,5 milhões para ajudar designers a lançarem marca própria

Por
Jornal T
Publicado em
18 de out. de 2022

Com menos de seis meses de vida e 6,5 milhões de investimento, a Wonder Raw pretende ser a rampa de lançamento de novos projetos de jovens criativos. O objetivo é “servir um público interessante e ser a plataforma de lançamento de artistas que pretendem lançar marca própria e, assim, trazer mais pessoas para o têxtil”, revela ao T Jornal Luís Oliveira, CEO da Wonder Raw.


A Wonder Raw pretende ser a rampa de lançamento de novos projetos de jovens criativos


Sediada em Manhente (Barcelos), a empresa surgiu em maio de 2022 e é especializada em casualwear produzido de forma sustentável e em estamparia, tingimento e acabamento DTG. Designers, bloggers, influencers e artistas das mais variadas áreas com ou sem experiência no setor têxtil fazem parte do público-alvo da empresa, que garante o know-how necessário para o desenvolvimento de projetos e terá uma minicoleção já pronta e em stock.

Com processos de produção focados na poupança de recurso e energia, a minicoleção é constituída por cinco peças com certificado GOT e 100% orgânicas: t-shirts, sweatshirts, hoodies, calças e calções “em estado cru e que, por isso, poderão ser submetidas a uma personalização total, como por exemplo uma cor específica que será desenvolvida especificamente com o cliente – e será ecofriendly – ou qualquer outro tipo de acabamento”, esclarece o CEO.

A Wonder Raw resultou de um investimento de 6,5 milhões de euros, com destaque para a estamparia, nomeadamente em maquinaria Kornit que possibilita a produção on demand. A expectativa é a de responder a um lead time de duas semanas e, portanto, os clientes poderão trabalhar com um stock mais reduzido, de forma a “ter peças em função da sua venda”, explica Luís Oliveira.

Até porque, contrariamente ao que é habitual neste tipo de serviços, a empresa sediada em Manhente possibilita um número mais reduzido de encomendas: “a partir de 50 unidades por modelo e por cor, reduzindo assim o risco de desenvolver os projetos dos jovens criativos”, clarifica o CEO.

Em setembro, estreou-se na 60ª edição do MODTISSIMO e “não tendo termo comparativo, o feedback é muito positivo". "O número de contactos, potenciais clientes e players foi elevado e, como tal, pretendemos continuar a marcar presença no certame”. Outras feiras, como é caso da Première Vision, estão também nos planos da empresa, “pois a presença nesse tipo de eventos potencia um contacto mais focado e permite contactar com mais eficiência o público-alvo da sua empresa”, elucida Luís Oliveira.

Com o objetivo de democratizar a customização de vestuário, permitindo que criativos e designers lancem coleções e marcas totalmente personalizadas, sustentáveis e de alta qualidade, a Wonder Raw terá as suas instalações prontas este mês – mas “estamos já neste momento a dar resposta a projetos que temos em mãos”, e já se encontra online.

Copyright © Jornal T. Todos os direitos reservados.