×
302
Fashion Jobs
DIRETOR(A) INDUSTRIAL
Diretor(a) Industrial
Efetivo · MONACO-VILLE
GIANNI KAVANAGH
PR / Influencers Management
Efetivo · BRAGA
ADIDAS
Specialist Gbs HR Services Bik - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Comprador de Vestuário (m/f)
Efetivo · Porto
CONFIDENCIAL
Country Manager Iberica Textile
Efetivo · PORTO
SALSA
Ecommerce Product Manager – Desenvolvimento do Negócio Digital da Marca
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
SPORT ZONE
Marketplace Business Developer (m/f)
Efetivo · Maia
FOREO
Business Development Specialist
Efetivo · Lisbon
SALSA
Ecommerce Product Specialist – Oportunidade de Especialização em Ecommerce
Efetivo · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Buyer (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sales Associate Part-Time - Centro Comercial The Style Outlets - Vila do Conde
Efetivo · Porto
TIFFOSI
Gestor de Produto (m/f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - General Admin - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Director Gbs Accounting & Tax Europe (m/f)
Efetivo · Porto
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Coimbra cc Forum Coimbra - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo ·
COURIR PORTUGAL
Sales Assistant - Lisboa cc Chiado - CDI - Part-Time - 20h - m/h
Efetivo · LISBOA
PEPE JEANS (RETAIL)
Vendedor / Vendedora - Coimbra
Efetivo · COIMBRA
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Madeira Shopping - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja (Part-Time) - Funchal Rua - a Tua Melhor Versão
Efetivo · Funchal
Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
20 de jan. de 2022
Tempo de leitura
4 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Y/Project presta homenagem a Jean Paul Gaultier através do trompe-l'oeil

Traduzido por
Helena OSORIO
Publicado em
20 de jan. de 2022

Um imenso hangar logístico pertencente ao grupo internacional de entregas DPD, localizado no extremo norte da Porte de la Chapelle, em Paris, foi o local escolhido por Glenn Martens para a apresentação da coleção da Y/Project para o próximo outono-inverno 2022/2023, na quarta-feira (19 de janeiro). A intensa atividade que caracteriza o vasto armazém, responsável pela ligação de camiões e comboios de mercadorias aos seus destinos em várias partes da cidade, parou para ver a atuação de uma noite numa imponente passerelle. Com colunas cinzentas numeradas e diferentes veículos de transporte ao fundo, o designer belga apresentou um dos desfiles com o percurso mais longo em memória para os modelos, graças à sala muito longa escolhida, conseguindo não só mais do que cumprir as medidas de distanciamento social, mas também propor uma encenação épica, à medida da proposta de moda com que pretendia surpreender a Cidade da Luz no encerramento do seu segundo dia da Paris Fashion Week.


Y/Project - outono-inverno 2022 - Menswear - Paris - © PixelFormula


O primeiro choque não demorou muito a chegar. O terceiro modelo a percorrer a passerelle, das 63 saídas ao todo do desfile, foi um rosto conhecido na cena parisiense. Vestido com um casaco preto extremamente longo e calças de pregas largas, o costureiro Olivier Theyskens não hesitou em assumir o papel de manequim para apoiar o seu compatriota Glenn Martens que, para além de ser responsável pela direção criativa da Y/Project desde 2013, foi nomeado diretor criativo da empresa italiana Diesel em 2020.
 
Estas diversas responsabilidades não o impediram, contudo, de assumir o desafio de assinar a próxima coleção de alta costura para a Jean Paul Gaultier, marca para a qual trabalhou como designer júnior depois de completar os seus estudos na Royal Academy of Fine Arts em Antuérpia. A proposta, que será apresentada a 26 de janeiro em Paris, faz parte do novo ciclo de colaborações criativas únicas em cada estação, que foi iniciado após a retirada do designer da linha da frente da marca de propriedade do grupo Puig em janeiro de 2020.


Y/Project - outono-inverno 2022 - Menswear - Paris - © PixelFormula


Glenn Martens assumirá assim a batuta de Chitose Abe, a criadora por detrás da marca japonesa Sacai, responsável pela aliança anterior com a Jean Paul Gaultier, mas o criativo não quis prolongar a espera até à próxima semana. O segundo ás que o designer tinha na manga era nada mais nada menos que uma homenagem óbvia ao costureiro francês, sob a forma de reinterpretações ao estilo Y/Projecto das estampas emblemáticas e sugestivas com as quais Gaultier seduziu em 1996. Silhuetas de corpos icónicos de homens e mulheres foram sobrepostos para criar efeitos óticos de nudez intuída sobre as peças de vestuário em movimento.
 
Tudo isto com um esquema de cores intensas, sem escassez de flertes com tons de néon. Deve ser feita uma menção especial a um vestido comprido sem alças e a um conjunto de minissaia e top apertado, ambos em tons de púrpura, amarelo e verde, que se tornaram os objetos evidentes de desejo para as fotografias ao vivo dos participantes.
 
Com o "Trompe L'Oeil" como o fio condutor de toda a coleção, Glenn Martens recuperou o espírito irónico e satírico que caracteriza Gaultier, imprimindo corpos nus em trompe l'oeil também em calças ou casacos de ganga, brincando com a noção de género. Peitos femininos em jerseys de corte masculino ou mesmo o sexo de um homem como protagonista de uma minissaia. E para além da couture, o idílio entre as duas marcas foi concretizado através da apresentação de uma coleção cápsula que fará parte da linha eco responsável "Evergreen" lançada pela Y/Project no ano passado.


Y/Project - outono-inverno 2022 - Menswear - Paris - © PixelFormula


"Porque não se divertir?", questionou Glenn Martens como resumo da sua coleção. Uma visão viva que não só cruzou a proposta de cores intensas, mas também envolveu a combinação do guarda-roupa clássico da marca, caracterizado pela sobreposição de padrões e tecidos, criando efeitos envolventes, malhas com golas diversas e assimétricas ou diferentes reinterpretações de ganga (como um casaco reconvertido num top); Com casacos de lã de ovelha, casacos enormes, vestidos leves em renda e lingerie, calças inovadoras de corte arredondado e até logótipos ao serviço da desconstrução do vestuário, a marca pessoal de Martens.
 
Mas uma grande parte do espírito casual foi fornecida pelos acessórios, onde não faltaram propostas para o frio, combinando lenços tipo manta ou gorros de malha ao estilo urbano, um dos fétiches dos desfiles de moda desta estação. As fivelas do cinto sugeriam posturas sexuais acrobáticas, enquanto os brincos se transformavam em flores metálicas e o calçado, batizado de "Lobster" (Lagosta), era inspirado por garras de crustáceos, transformando os dedos dos pés em sugestivas garras de animais.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.