×
Publicado em
24 de ago. de 2022
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Yeahllow: luxo em segunda mão em pop up no MarShopping até final de dezembro

Publicado em
24 de ago. de 2022

A Yeahllow, que vende online para todo o mundo, tomou a iniciativa de abrir em agosto a Yeahllow - Pop Up Store, que se manterá no piso zero do centro comercial MarShopping, em Matosinhos, até ao dia 31 de dezembro, projetando já um tour com destinos a revelar brevemente, para deslocar a pop up a outros centros comerciais de diferentes localidades portuguesas. 


A Yeahllow - Pop Up Store vai estar no MarShopping até ao final do mês de agosto - Yeahllow Store / Facebook


A oferta desta loja efémera, que é afinal a primeira pop up second hand num centro comercial em Portugal, completa-se com peças em segunda mão, desde acessórios de marcas de luxo como a Chanel, Fendi, Gucci ou Louis Vuitton, e até vestuário de outras décadas que Beatriz Rei Lima, fundadora do projeto, pesquisa em lojas vintage.

A Yeahllow já contava com um showroom na rua de Camões, no Porto, com visitas só por marcação. A ideia foi criar um negócio diversificado, também com peças de design para a casa, que Rei Lima associa à slow fashion e à economia circular, na medida em que prolonga o ciclo de vida de produtos ainda em bom estado.

A pop up, chama a atenção logo à entrada pela diversidade de artigos de luxo, mormente pelas malas da Louis Vuitton e exemplares icónicos da Chanel e da Gucci. Segundo Beatriz Rei Lima, algumas malas ainda conservam o respetivo certificado de autenticação. Quanto às restantes, pode ser pedido um, por mais 25 euros, junto de uma entidade especializada.

A roupa vintage dispõe de preços mais acessíveis. Os candeeiros e móveis vintage, que decoram o espaço, como fruto de uma parceria com a loja de Raul Sousa na rua do Almada, no Porto, também estão à venda. Obviamente, com novidades a surgir a cada semana.

A Yeahllow dá ainda a possibilidade de se deixarem à consignação os acessórios de luxo por parte de quem já não os use e queira vender, sejam de senhora, homem ou criança.
 

Copyright © 2022 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.