×
370
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Zalando revê em baixa previsões de 2018

Por
Reuters API
Traduzido por
Estela Ataíde
Publicado em
today 18 de set de 2018
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

(Reuters) - A Zalando, número um europeia da moda online, reviu em baixa as suas previsões de resultados para 2018, devido ao verão excecionalmente longo e quente que pesou sobre as vendas da estação outono-inverno.


Photo d'archives - REUTERS/Hannibal Hanschke


"Agosto e setembro de 2018 caracterizaram-se pela continuação das temperaturas elevadas em toda a Europa, reduzindo a demanda dos consumidores, como mostra o declínio no mercado global de prêt-à-porter no período, o que obriga à concessão de descontos mais importante do que no ano anterior", explica o grupo alemão num comunicado divulgado na segunda-feira à noite.
 
A Zalando prevê que o crescimento do seu volume de negócios esteja no limite inferior da sua meta de 20-25%, em vez de na metade inferior dessa faixa, o que, sublinha, continuará a ser um desempenho claramente superior ao do mercado.

A empresa espera um lucro operacional ajustado entre 150 e 190 milhões de euros, enquanto anteriormente pretendia atingir o mínimo de uma meta entre 220 e 270 milhões de euros.
 
O grupo de Berlim divulgará os seus resultados do terceiro trimestre a 6 de novembro.
 
"A atividade do terceiro trimestre claramente não reflete as nossas ambições, que permanecem intactas", disse o copresidente do conselho Rubin Ritter. "Apesar do difícil ambiente de mercado, continuamos a investir no crescimento e mantemos o nosso objetivo de duplicar o nosso volume de negócios até 2020".

© Thomson Reuters 2019 All rights reserved.