×
686
Fashion Jobs
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo · Braga
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Direct-tO-Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Direct to Consumer Ecommerce (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Buyer - Spanish Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Apo (Snp/Ibp) Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Specialist Gbs Non-Trade Procurement Business Analysis (M/F/D)
Efetivo · Porto
ADIDAS
Sap Fico Consultant (M/F/D)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Footwear Buyer
Efetivo · Alicante
JD SPORT
Apparel Buyer
Efetivo · Alicante
SACOOR BROTHERS
Fiel de Armazém (Storekeeper) - c. Comercial Colombo (m, f)
Efetivo · Lisboa
MINGA LONDON
Digital Marketeer
Efetivo · GUIMARÃES
SACOOR BROTHERS
Sales Assistant - c. Comercial Norteshopping (m, f)
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist - People Services - German Speaker (M/F/D)
Efetivo · Porto
JD SPORT
Demand Planner (m/f)
Efetivo · Maia
ADIDAS
Manager Gbs Delivery Excellence - Resource Planning (M/F/D) -Porto/Herzo
Efetivo · Porto
ADIDAS
Senior Specialist Reporting & Analytics (M/F/D) - Direct to Consumer Ecommerce
Efetivo · Porto
ADIDAS
Manager Gbs Delivery Excellence - Resource Planning (M/F/D) -Porto/Herzo 1
Efetivo · Porto
ADIDAS
HR Specialist Gbs Operations - Mobility (M/F/D)
Efetivo · Porto
Publicado em
9 de ago. de 2016
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Alpargatas vê lucro crescer 31% no 2º trimestre com destaque para Havaianas

Publicado em
9 de ago. de 2016

Mesmo com os desafios impostos pela economia do seu principal mercado, Brasil, a Alpargatas se saiu bem no segundo trimestre do ano, alcançando no total crescimento de 31% do seu lucro líquido consolidado, ascendendo aos 61,2 milhões de reais (17,43 milhões de euros), em relação ao mesmo período do ano anterior, segundo um comunicado emitido aos investidores.

Alpargatas, mesmo diante das dificuldades do seu maior mercado, alcança bons números no segundo trimestre de 2016. - Foto: Havaianas

 
A empresa aponta que o crescimento se deve, em especial, aos aumentos da faturação do negócio Sandálias, por volume e preço médio e, no caso da marca de moda Osklen, pelo volume de venda, sendo que o volume de vendas das suas principais marcas passou por uma boa evolução no Brasil no período.
 
Assim, as sandálias Havaianas e Dupé e os produtos da Osklen atingiram um crescimento respetivamente de 26,2% e 12,5% em seus volumes de vendas seu principal mercado, também em relação ao mesmo período do ano passado.

Em relação à receita líquida total, englobando todas as atividades, o 2.º trimestre exibiu variação positiva de 8,4%, indo a 1.011 milhões de reais (cerca de 288 milhões de euros), levando o acumulado do primeiro semestre 2016 a crescimento de 8,9% em comparação com a primeira metade de 2015, ascendendo aos 2.005 milhões (571 milhões de euros).
 
Já seu Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ficou em 108,1 milhões de reais, com crescimento de 4,3% em relação ao mesmo período 2015, devido ao aumento do lucro e da margem bruta e à maior produtividade das vendas, despesas gerais e administrativas.
 
Na sua atividade 'Sandálias Internacional', que reúne negócios nos Estados Unidos e na região EMEA (Europa, Médio Oriente e Norte da África), o volume de vendas foi menor do que aquele do segundo trimestre de 2015, em razão do clima e queda da exportação para países de peso em volume, impactando a receita em dólar. Por outro lado, a companhia explica que o câmbio compensou as reduções, com crescimento de 0,8% na receita que chegou aos 220 milhões de reais.

Alpargatas chama atenção no comunicado para um 'aumento significativo' de 30,7% no volume de vendas de produtos 'não sandálias' no Brasil e para o início da comercialização global da linha eyewear, realizada em parceria com a gigante italiana Safilo, além de destacar as colaborações assinadas pela designer Charlotte Olympia e pela marca inglesa Liberty.
 
Por outro lado, Fabio Leite de Souza, citado no comunicado, há alguns dias negou rumores de que o grupo estivesse a valorizar a venda da Osklen, marca de moda comprada em 2014 por 318 milhões de reais. Na ocasião, o dirigente disse que esperava bons resultados da marca para o segundo trimestre, o que, de facto, aconteceu com um crescimento de 17% da receita líquida em mesmas lojas, sobretudo graças a um volume maior comercializado como mencionado acima.
 
Por fim, a companhia fechou os 12 meses encerrados a 30 de junho com uma receita operacional de 284,6 milhões de reais. Já suas unidades no Brasil e no estrangeiro eram de 719, ante 688 um ano antes, sendo 150 sob gestão direta e 569 franquias.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.