×
369
Fashion Jobs
MINGA LONDON
Ecommerce Manager
Efetivo - CLT · GUIMARÃES
MINGA LONDON
Head of Creative Content / Art Director
Efetivo - CLT · GUIMARÃES
SALSA
IT Retail Systems Specialist – Oportunidade de Suporte e Participação em Projetos de IT
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
GIANNI KAVANAGH
Marketing Director
Efetivo - CLT · BRAGA
SALSA
IT Development Specialist – Oportunidade de Fazer a Diferença no Dia a Dia do Utilizador Final
Efetivo - CLT · Vila Nova de Famalicão
ADIDAS
Sap Fico Tech Consultant (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
TIFFOSI
Area Manager (m/f)
Efetivo - CLT · Faro
ADIDAS
Buyer - German Speaker (m/f)
Efetivo - CLT · Porto
JD SPORT
Stock Financial Controller
Efetivo - CLT · Alicante
JD SPORT
Demand Planner
Efetivo - CLT · Alicante
SANDRO
Sales Assistant 12hr Corner Porto h/m
Trainee · LARAMIE
LION OF PORCHES
Gerente (m/f) - Algarve Shopping
Efetivo - CLT · GUIA
LION OF PORCHES
Gerente (m/f) - Oeiras Parque
Efetivo - CLT · LISBOA
CLAUDIE PIERLOT PORTUGAL
Vendedor(a) - 40h - CDI - Eci Lisboa - H/F
Efetivo - CLT · LISBOA
CLAUDIE PIERLOT PORTUGAL
Gestor de Loja - 40h - CDI - Lisboa Colombo - H/F
Efetivo - CLT · LISBOA
CLAUDIE PIERLOT PORTUGAL
Vendedor(a) - 40h - CDI - Lisboa Colombo - H/F
Efetivo - CLT · LISBOA
TAPESTRY
Sales Associate ii - ce pt Vila do Conde (20-39 Hours)
Efetivo - CLT · Vila do Conde
SALSA
Estágio Curricular - People & Talent
Estágio · Vila Nova de Famalicão
SALSA
Salsa Vendedor(a) de Loja - Estação Viana - a Tua Melhor Versão
Efetivo - CLT · Viana do Castelo
THE KOOPLES
Store Manager
Efetivo - CLT · LISBOA
HUGO BOSS
Sales Associate Hugo Boss Factory Outlet Almancil (f/m)
Efetivo - CLT · Quarteira
HUGO BOSS
Sales Associate Hugo Boss Factory Outlet Almancil (f/m) 1
Efetivo - CLT · Porto
Por
Reuters
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
10 de mai de 2018
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Beiersdorf: primeiro trimestre regista bons resultados graças a La Prairie

Por
Reuters
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
10 de mai de 2018

A Beiersdorf anunciou que obteve um crescimento orgânico de 6,5% no primeiro trimestre, resultado acima dos seus concorrentes em produtos de consumo, graças às vendas dos adesivos Tesa e dos cremes La Prairie, que compensaram a desaceleração da marca Nivea.


La Prairie na Galeries Lafayette - WAD


A Tesa, que fabrica adesivos para a indústria, viu as suas vendas aumentarem 8,5%, e as vendas da La Prairie cresceram 56%. As vendas da marca Nivea aumentaram apenas 1,9%, a menor taxa de crescimento em três anos, segundo analistas, provavelmente devido ao menor desempenho da América Latina, onde as vendas do grupo caíram 14% no trimestre em valor nominal. Mas, durante uma teleconferência sobre os resultados, o CEO da empresa, Stefan Heidenreich, disse que vê uma "luz ao fim do túnel" na América Latina. 

Excluindo os efeitos do câmbio, a receita do primeiro trimestre alcançou 1,81 mil milhões de euros, ligeiramente acima do consenso da Reuters, mas o crescimento nominal foi de apenas 0,4% por causa do euro forte. A Beiersdorf teve um desempenho forte em comparação com concorrentes como a Unilever, proprietária da marca Dove, e a britânica Reckitt Benckiser.

A divisão de produtos de consumo do grupo, onde está inserida a marca Nivea e a Eucerin, experimentou um declínio nominal de 0,3% nas vendas, mas o crescimento orgânico atingiu 6,1%. Na divisão de saúde, que engloba as marcas Hansaplast e Elastoplast, as vendas caíram 2,7%. O grupo alemão confirmou a previsão cautelosa de um crescimento de cerca de 4% nas vendas ao longo do ano, com aumento de 3 a 4% para a Tesa, de 4 a 5% para os produtos de grande consumo.

"Apesar das incertezas políticas e económicas em algumas regiões, estamos otimistas com os próximos meses e, portanto, confirmamos as nossas projeções para 2018", disse Stefan Heidenreich no release dos resultados trimestrais.

© Thomson Reuters 2021 Todos os direitos reservados.