×
374
Fashion Jobs
keyboard_arrow_left
keyboard_arrow_right

Boardriders anuncia nova equipa de gestão sénior após aquisição da Billabong

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
today 23 de abr de 2018
Tempo de leitura
access_time 3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

O novo grupo Boardriders (Quiksilver, Roxy e DC Shoes), reforçado pela aquisição da concorrente Billabong, está pronto para iniciar um novo capítulo da sua história. A integração do grupo australiano (Billabong, Rvca e Element) entra em vigor a partir desta terça-feira, 24 de abril, e em paralelo, a empresa anunciou a composição da equipa de gestão sénior que levará a empresa para uma nova era.


David Tanner, o CEO da nova entidade, anunciou a composição da equipa pós-integração da Billabong - Boardriders


O trágico desaparecimento no mar de Pierre Agnes, CEO da Boardriders, em fevereiro, que seria o responsável pela transição, antecipou a nomeação de um novo líder para o grupo, Dave Tanner, enquanto Thomas Chambolle assumiu o cargo de presidente da região EMEA. No dia 20 de abril, foi anunciada a composição da nova equipa de gestão sénior do grupo.

Tanner nomeou dois presidentes para trabalhar ao seu lado e no conselho de administração: Greg Healy, presidente da Boardriders para a Ásia-Pacífico desde o ano passado, e Shannan North, presidente da Billabong, que será especificamente responsável pelas operações de retalho do grupo.

Por enquanto, não há mudança na direção das marcas: David Brooks continua a liderar a marca de skate Element, da qual é diretor geral há um ano. Garry Wall continua no comando da Quiksilver e Emilie Souvras continua a liderar a marca Roxy. O mesmo vale para Mike Jensen, que continua no comando da DC Shoes. Kevin Meehan, que se juntou ao grupo em 2017 vindo da Volcom, também manterá o seu primeiro lugar na RVCA, uma marca cuja identidade combina desportos como o surf com elementos de hip hop, rock e arte californianos.

A Boardriders também optou por manter os seus altos executivos. Ilene Eskenazi foi confirmada como diretora de RH e diretora jurídica do grupo, enquanto Julie Ott permanece como diretora de operações. Nate Smith, que assumiu o cargo de presidente das Américas em julho do ano passado, também continuará na posição. Nicolas Foulet, ex-diretor de TI, e-commerce e marketing digital da Quiksilver, foi promovido a chefe de todas as funções de TI do grupo Boardriders.

Entre os gestores da Billabong que ingressam na Boardriders após a aquisição do grupo australiano, além do CEO Shannan North, estão Mike Yerkes, vice-presidente de operações e TI da Billabong, agora nomeado diretor de logística da nova entidade. O atual diretor da Billabong Europa, Jean-Louis Rodrigues, foi promovido a diretor de atacado do grupo para a região EMEA.

Alguns novos nomes juntam-se à Boardriders após a aquisição da Billabong, entre eles Sonia Lapinsky como responsável pela integração, para garantir o funcionamento harmonioso e coordenado da organização recém-criada. Lapinsky era anteriormente diretora da empresa de consultoria de gestão Alix Partners, sediada em Nova Iorque.

Dan Levine, vice-presidente executivo de merchandising e design da marca americana de meias Stance desde 2014 é o novo diretor do portfólio de marcas da Boardriders, encarregado de coordenar as estratégias das marcas do grupo. Joe Scirocco é o novo CFO do grupo. Scirocco trabalhou anteriormente na mesma posição na Toms e, de 2007 a 2012, na Quiksilver, antes do grupo entrar em declínio.

“A nossa nova direção é uma mistura de talentos certificados da Boardriders, Billabong e outras empresas. A equipa impulsionará a integração dos dois grupos para que se tornem a principal corporação de desportos de ação do mundo. Estou particularmente feliz em anunciar que Greg Healy e Shannan North se juntam ao conselho de administração. Ambos têm uma experiência significativa no setor e desempenharão um papel fundamental na nossa expansão internacional”, disse Dave Tanner.

Sem surpresas, esta reformulação da alta administração deixou de fora alguns ex-diretores da Billabong. “Gostaríamos de agradecer a Neil Fiske, Peter Myers, Tracey Wood, Jim Howell, Mara Pagotto, Paul Burdekin e ao conselho de administração da Billabong pelo seu compromisso com o sucesso da empresa e também pelo seu legado e caráter. Durante este período de transição, apreciámos muito o seu envolvimento no processo de aquisição e a estrutura de qualidade e o legado que deixam”, declarou Dave Tanner.

Por Sarah Ahssen, Marion Deslandes, Anaïs Lereverend

Copyright © 2019 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.