×
Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
31 de out de 2017
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Chanel deixa a sua marca nas últimas semanas da Colette

Traduzido por
Novello Dariella
Publicado em
31 de out de 2017

Os planos para os últimos meses da Colette já são conhecidos há algum tempo: uma série de marcas convidadas comprometeram-se a ocupar o primeiro andar da loja até ao final de dezembro, momento em que a tradicional concept-store parisiense vai fechar as portas. Depois da Balenciaga, Sacai e Thom Browne, e antes de a Saint Laurent entrar como convidada final, a Chanel assumiu o espaço no dia 30 de outubro.



A marca de moda parisiense revela as suas múltiplas facetas e exibe a sua paleta de cores variadas, evocando ao mesmo tempo moda, arte e cultura, com um espírito eclético, apreciado por Karl Lagerfeld. O primeiro andar da Colette conta com fotografias do designer, mas também, claro, o prêt-à-porter da marca. Uma seleção da coleção outono-inverno 2017 já está instalada, antes da chegada da coleção Cruise 2017-18, prevista para o dia 6 de novembro.

O tema "A Modernidade da Antiguidade” inspirou a cenografia do lugar, que conta com cortinas antigas, entre outros adereços, para destacar os produtos. A coleção é dividida em três segmentos: dia, noite e desporto. Também são apresentadas peças da marca de cashemire escocês Barrie, (pertencente ao grupo Chanel desde 2012) e algumas peças exclusivas para o evento, como t-shirts com design de Karl Lagerfeld, que selam a amizade entre a Colette e a Chanel, mas também, no final da operação, um par de sapatilhas inéditas, fruto de uma colaboração entre a Chanel, a Adidas Originals, a Colette e Pharell Williams.

O evento inclui música assinada por Michel Gaubert, mas também beleza, uma parte importante do património da marca. O mês da Chanel na Colette será enriquecido com várias palestras, que serão disponibilizadas como podcasts, centrados em temas variados como a moda, é claro, mas também cinema, literatura, música e dança, por "amigos da casa".

Esta união temporária entre a Chanel e a Colette vai permanecer até 25 de novembro, quando a Saint Laurent assumirá o local até ao encerramento da concept-store, previsto para dia 20 de dezembro.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.