×
Publicado em
15 de jun de 2014
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

China domina o mundo em matéria de construção de centros comerciais

Publicado em
15 de jun de 2014

Aproximadamente 39 milhões de metros quadrados de centros comerciais estão atualmente em construção em todo o mundo, num estudo que engloba 180 países pesquisados. E mais da metade desses ficam na China! Esta é uma das principais conclusões de um estudo do sector de consultadoria imobiliária da empresa CBRE. Globalmente, isso representa um aumento de 3 milhões de metros quadrados em construção em todo o mundo em comparação com o ano de 2013.

Shanghai Village da Value Retail, que deve abrir no outono de 2015 próximo do parque de diversões Disney. Imagem: Value Retail


Para o director da CBRE China, Chen Zhongwei, a demanda na China é forte para o desenvolvimento de centros comerciais modernos devido ao crescimento da classe média e da urbanização. Embora alguns observadores estejam a recear, em médio ou longo prazo, o estouro de uma bolha...

Na realidade, um relatório do Rui Yide China Commercial Real Estate Research Center chega até mesmo a levantar a probabilidade de encerramentos de centros comerciais, que podem ascender a 10%, realçando que, de facto, somente 30% desses empreendimentos são de alta qualidade!

A primeira cidade da classificação CBRE é Xangai, com 3,3 milhões de metros quadrados em construção. A CBRE explica que isso é mais que o total das 86 cidades europeias reunidas, se excluirmos Rússia e Turquia.

Xangai é seguida de outras cidades chinesas: Chengdu (3,2 milhões de metros quadrados), Shenzhen (2,7 milhões) e Tianjin (2,5 milhões). As outras cidades classificadas no ‘top’ 10 são Istambul, Wuhan, Moscovo, Pequim, Nanquim e Cantão.

Segundo a CBRE, na Europa, são as cidades russas e turcas que continuam a dominar os projetos de construção. Em Istambul, 27 centros com 1,9 milhão de metros quadrados estão em construção. Moscovo segue de perto com 1,5 milhão de metros quadrados. Outras cidades russas, como São Petersburgo e Novosibirsk fazem também parte da lista.

No sudoeste asiático, Cuala Lumpur representa cerca de 40% dos 3,3 milhões de metros quadrados em construção nesta região do mundo. No Médio Oriente, é Abu Dabi que reforça a sua posição de líder regional com três centros comerciais, compreendendo 168.000 metros quadrados, que foram terminados em 2013, e com oito centros, compreendendo 778.000 metros quadrados, atualmente em construção.

Na Europa, ainda segundo os dados do estudo, nos 35 centros comerciais novamente abertos em 2013, 26 encontravam-se na Europa Oriental, quatro na Europa central e 5 na Europa Ocidental. Ainda realçando neste último mercado um nível historicamente baixo, a CBRE destaca projetos de ampliação de centros comerciais com o objetivo de responder à demanda de marcas que estão em busca de desenvolvimento.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.