×
Publicado em
29 de jan de 2014
Tempo de leitura
3 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Couromoda: o calçado sofre a saturação do consumo no Brasil

Publicado em
29 de jan de 2014

A feira de calçados e acessórios mais importante da América Latina constatou as consequências de uma “saturação” do consumo no Brasil. Uma edição na qual muitos fabricantes reduziram o espaço de seus estandes e outros optaram por não expor. Por outro lado, o fluxo de visitantes foi bastante regular durante os 4 dias da mostra.

A direção da feira confirmou à FashionMag a visitação de 79.000 profissionais, representando 35.000 compradores únicos procedentes de 60 países. Uma leve queda em relação a 2012 que foi compensada, segundo o presidente da Couromoda, Francisco Santos, “por sua qualidade e capacidade de decisão”. Além do mais, a Couromoda e a Abicalçados trouxeram missões de compradores da Rússia (Lamoda) e da Colômbia.

Couromoda anunciou sua mudança para o Expo Center Norte a partir de 2015 | Foto: Couromoda


Uma edição marcada pela “contração” das vendas no último semestre de 2013, qualificada como “catastrófica” por Heitor Klein, presidente da Abicalçados. As vendas alcançaram um crescimento de 2%, muito longe dos 5 a 6% previstos no início do ano. Klein explicou à FashionMag que “se acabaram os crescimentos de produção e consumo em torno dos 10%, vistos nos últimos 3 anos. Estamos mal-acostumados e o mercado está já a mostrar uma certa saturação. A renda das famílias tem sido atingida por conta de circunstâncias macroeconômicas. Também influenciou o êxito dos programas de apoio lançados pelo governo para equipar os lares das famílias”.

O dado positivo se refere às exportações. Para Klein, “tem ficado cada vez mais clara uma melhora no ânimo dos importadores, já que o calçado brasileiro está num nível de preço mais atrativo devido à taxa de câmbio mais favorável”.

Muitas empresas, consultadas pela FashionMag, mostraram-se satisfeitas com o incremento de suas vendas para outros países e já estão se preparando para feiras internacionais, buscando compensar as previsões de estagnação do consumo doméstico.

Heitor Klein espera que o crescimento para 2014 seja similar ao de 2013, mas nada além disso. Ele também insiste no avanço da competitividade da indústria brasileira (taxa de câmbio e redução da carga tributária) e no estabelecimento de regras claras diante da entrada de produtos ilegais (triangulação). A exportação é mais do que nunca uma saída para que a produção brasileira de calçados não sofra diminuição.

A feira também serviu de palco para o lançamento da marca de promoção comercial “Brasil by bags” da ABIACAV (Associação Brasileira das Indústrias de Artefatos de Couro e Artigos de Viagem), com o apoio da Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), para fomentar as exportações do setor.

Por fim, a Couromoda anunciou que mudará de espaço a partir de 2015. Depois de 29 anos no Centro de Exposições Anhembi, a feira estreará as modernas instalações do Expo Center Norte, também na Capital Paulista, de 11 a 15 de janeiro de 2015.

Copyright © 2021 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.