×
Publicado em
5 de abr. de 2016
Tempo de leitura
2 Minutos
Partilhar
Fazer download
Fazer download do artigo
Imprimir
Clique aqui para imprimir
Text size
aA+ aA-

Gucci vai reunir em um único desfile o masculino e o feminino

Publicado em
5 de abr. de 2016

Na esteira da Burberry, Tom Ford e muitas outras casas de moda, a Gucci, principal marca do grupo Kering, anuncia por seu turno a revolução do seu calendário.
 
Por ocasião da conferência sobre o luxo, organizada esta terça-feira em Versalhes pelo New York Times International, o CEO Marco Bizzarri deixou claro que a Maison italiana pretendia apresentar a partir de 2017 suas coleções masculina e feminina dentro de um único e mesmo desfile por temporada.

O último desfile feminino da Gucci - © PixelFormula


Esta decisão parece se inscrever no movimento transgénero iniciada há um ano pelo diretor criativo da Gucci, Alessandro Michele, que já mescla looks femininos e masculino em seus espetáculos. Mas não é só isso. Esta escolha insere-se também, é claro, no debate sobre a consolidação dos calendários de moda ditados pelas novas exigências comerciais.
 
Segundo o dirigente da Gucci, trata-se de uma evolução natural, que deveria "simplificar vários aspetos do negócio", relata a imprensa anglo-saxónica. "Manter dois espetáculos separados e distintos é o fruto de uma tradição mais do que de uma escolha prática", destacou o dirigente.

Este desfile unificado terá lugar em uma nova sede milanesa da Gucci, na via Mecenate. Mas falta ainda decidir se ele decorrerá durante a Fashion Week masculina ou a feminina.
 
Marco Bizzarri explicou que a Gucci ia trabalhar em estreita colaboração com a Câmara Nacional da Moda Italiana (CNMI) a respeito dessa questão.

Copyright © 2023 FashionNetwork.com. Todos os direitos reservados.